promo
Brasil

B3 pode ser obrigada a retirar estátua do Touro de Ouro da rua

Comissão da Prefeitura de São Paulo decide até o final do dia se a escultura permanece ou não em frente ao prédio da Bolsa

Tempo de leitura: 1 minuto

São Paulo — A B3 poderá ser obrigada a retirar da rua a escultura “Touro de Ouro” da rua XV de Novembro, no centro histórico paulistano, por ordem da Prefeitura de São Paulo. Uma comissão da Secretaria de Urbanismo e Licenciamento se reúne, na tarde desta terça-feira (23), para analisar o descumprimento de um procedimento técnico (pedido de aval da comissão) exigido para a instalação de obras no espaço público.

Veja mais: Touro dourado da B3 é vandalizado pelo 2º dia consecutivo

A partir das 14h30, integrantes da CPPU (Comissão de Proteção à Paisagem Urbana) devem decidir o futuro da escultura, inaugurada no começo da semana passada. O colegiado tem poder de determinar a retirada da obra de frente do prédio da B3. A previsão é que o debate dure entre duas e três horas, com previsão de anúncio da decisão no fim da tarde ou começo da noite. A conta do Youtube da Secretaria de Urbanismo e Licenciamento (www.youtube.com/c/PrefSPSMUL) deve transmitir a reunião do colegiado.

Veja mais: Touro de Ouro vira alvo de protesto um dia após inauguração na B3

A obra do artista plástico Rafael Brancatelli foi apresentada pela Bolsa como uma tentativa de revitalizar o centro histórico, castigado pela pandemia da Covid-19 com o fechamento de parte do comércio na região, marcada pela ocupação das ruas por barracas montadas por pessoas em situação de vulnerabilidade.

Construído sobre uma estrutura modular dourada em fibra de vidro, com 5,1 m de comprimento, 3 m de altura e 2 m de largura, o “Touro de Ouro” protagonizou um debate público nas redes sociais como críticas à estética, à unção decorativa e à acusação de plágio - o artista diz ter feito 150 versões e confirma a inspiração na escultura “Charging Bull”, em Wall Street, em Nova York.

Desde a sua instalação em frente ao prédio da Bolsa, a estátua já foi pichada com frase “taxar os ricos” e teve cartazes com a palavra “fome” coladas em sua estrutura. A assessoria de imprensa da B3 não respondeu imediatamente ao pedido de comentários sobre a reunião da Prefeitura.

Leia também

Sérgio Ripardo

Sérgio Ripardo

Jornalista brasileiro com mais de 25 anos de experiência, com passagem por sites de alcance nacional como Folha e R7, cobrindo indicadores econômicos, mercado financeiro e companhias abertas.