promo
Cripto

Elon Musk troca farpas com CEO da Binance sobre falha com Dogecoin

Musk questionou corretora no Twitter sobre falha técnica no processamento da criptomoeda

Elon Musk
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg — Elon Musk escolheu palavras ferinas para criticar a exchange de criptomoedas Binance, no Twitter, na terça-feira (23), levantando preocupações sobre a situação de outros detentores de Dogecoins apanhados em uma falha técnica.

Uma atualização da rede Dogecoin, em 10 de novembro, parece ter causado um problema com saques, declarou a Binance em um comunicado no dia seguinte. Um “número muito pequeno de usuários” foi afetado, disseram eles, explicando que algumas transações de retirada do Dogecoin que tinham falhado anteriormente foram reenviadas após a atualização e “solicitamos gentilmente a esses usuários que devolvessem os ativos”.

Musk disse em um tweet na terça-feira (23) que o erro “pareceu duvidoso”, levando a Binance, a maior exchange de criptomoedas do mundo, a responder “não, não é duvidoso - apenas frustrante”. Em resposta, Musk disse que “os donos de doge que usam Binance devem ser protegidos de erros que não sejam culpa deles”.

“Os detentores do Doge que usam a Binance devem ser protegidos de erros que não são culpa deles”

A Binance disse que está trabalhando na rede DOGE, mas disse que está demorando mais do que o normal, pois a exchange tem que reconstruir as carteiras digitais que contêm as moedas. Falhas técnicas são comuns em plataformas de blockchain.

Enquanto oficialmente a Binance se limitou a dar explicações técnicas, o CEO da empresa, Changpeng “CZ” Zhao, rebateu escancaradamente com um link para uma matéria sobre a Tesla, que fez um recall de 12.000 carros por conta de uma falha de software.

“Estamos cientes de que 1) usuários que receberam transações antigas e 2) usuários que não podem retirar DOGE estão chateados - e com razão.”

O vaivém é indicativo da natureza às vezes caótica das criptomoedas, especialmente quando se trata de infraestrutura de mercado, que precisa ser escalonada rapidamente para atender à demanda. O Dogecoin, uma memecoin que foi criado como uma piada em 2013, subiu mais de 6.000% no ano passado, segundo precificação da CoinGecko, estimulada por negociações frenéticas e aceitação mais ampla de criptomoedas. O preço não mudou quase nada na terça-feira (23).

A Binance reconheceu que os usuários estão chateados “com razão”. Mas ainda não está claro quantos desses usuários podem ter devolvido as moedas, ou se eles têm algum incentivo para fazê-lo.

- Com a colaboração de Craig Trudell.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

Criptomoedas alternativas resistem em meio à liquidação do Bitcoin

CEO da Binance compra primeira casa na ‘pró-cripto’ Dubai