Linha Executiva

Ex-Goldman se juntam à gestora brasileira Daemon em Miami

Dupla Paul Huchro, que era chefe de trading de crédito, e Erik Buischi, trader em Wall Street, serão sócios-gestores e ficarão em Miami

Miami
Por Felipe Marques
16 de Março, 2022 | 01:42 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — A Daemon Investimentos, gestora de ativos brasileira com cerca de US$ 4 bilhões em investimentos alternativos, contratou dois ex-executivos do Goldman Sachs (GS) para expandir seus negócios nos EUA.

Paul Huchro, ex-sócio do Goldman que era chefe de negociação de trading de crédito, e Erik Buischi, que começou sua carreira como trader no banco de Wall Street, ingressaram na Daemon como sócios-gestores, de acordo com comunicado. A dupla ficará em Miami e ajudará a expandir a unidade de investimentos alternativos da empresa nos EUA.

A Daemon foi fundada no Brasil em 2009 por Sergio Rhein Schirato, Edson Queiroz e Vitor Rhein Schirato. A gestora é focada em trade finance e em estratégias quantitativas globalmente, com um escritório nos EUA desde 2016, segundo comunicado.

Huchro, que trabalhou no Goldman por mais de 30 anos antes de sair em 2016, também ficou dois anos no Deutsche Bank (DB) como diretor administrativo.

PUBLICIDADE

Buischi trabalhou anteriormente na Stone Ridge Asset Management em Nova York e no Banco Itaú BBA (ITUB4) em São Paulo. No ano passado, ele se juntou à gestora de fundos multimercado brasileira Gauss Capital como sócio. No Goldman, ele negociou opções atreladas a índices de crédito.

A indústria de gestão de ativos do Brasil tem enfrentado dificuldades com o aumento na taxa Selic, que faz com que os investidores foquem em produtos de renda fixa. Ainda assim, gestoras focadas em ativos alternativos, como Prisma Capital e Jive Investments, buscaram se expandir.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

PUBLICIDADE