Negócios

Família Ricketts desiste da corrida para comprar o Chelsea FC

Decisão dos Ricketts de não prosseguir deixa grupos liderados por Todd Boehly, Martin Broughton e Stephen Pagliuca na caçada

Consórcio liderado pela família Ricketts disse que estava desistindo da corrida para comprar o Chelsea Football Club
Por David Hellier
15 de Abril, 2022 | 10:24 am
Tempo de leitura: <1 minuto

Bloomberg — O consórcio liderado pela família Ricketts disse que estava desistindo da corrida para comprar o Chelsea Football Club, poucas horas depois de um prazo revisado para o envio de propostas.

O grupo, que enfrentou alegações de racismo durante o processo de licitação, disse nesta sexta-feira (15) que ficou “cada vez mais claro que certas questões não poderiam ser abordadas devido à dinâmica incomum em torno do processo de vendas”, de acordo com uma mensagem de texto.

A decisão dos Ricketts de não prosseguir deixa grupos liderados por Todd Boehly, Martin Broughton e Stephen Pagliuca na caçada para assumir a propriedade dos campeões europeus da temporada passada.

Leia também

PUBLICIDADE

Páscoa sem bacalhau? Pressão por demanda e inflação encarecem itens tradicionais

Fim da novela: Tanure vira principal investidor da Alliar

PUBLICIDADE