Localiza: riscos no radar do mercado

Também no Breakfast: Pacote de reformas de Milei sofre novo revés no Congresso | O plano de ataque do novo CEO do Bradesco e a aposta na alta renda | A expansão internacional da Dengo

Tempo de leitura: 2 minutos

Este é o Breakfast - o seu primeiro gole de notícias. Uma seleção da Bloomberg Línea com os temas de destaque no mundo dos negócios e das finanças. Bom dia!

O mercado de locação de veículos enfrenta um período de incertezas no mundo e também no Brasil. Nos EUA, o investimento para a eletrificação da frota tem sido colocado em xeque diante da demanda aquém da esperada e da queda dos preços de usados, como foi assumido pela Hertz.

No mercado nacional, há riscos que espreitam as empresas do setor, a começar pela maior delas, a Localiza, segundo apontaram três diferentes bancos de Wall Street em relatórios a clientes nas últimas semanas.

O mais recente a fazer o alerta, e de maneira mais incisiva, foi o Goldman Sachs, cujos analistas rebaixaram nesta semana a recomendação para a ação da Localiza de compra para neutro e apontaram os riscos.

PUBLICIDADE

Leia mais: Localiza: os riscos aos negócios que entraram no radar de bancos de Wall Street

Localiza Divulgaçãodfd

No radar dos mercados

Além do intenso fluxo de balanços, que no geral têm projetado mais luzes do que sombras, os investidores vigilam os dados semanais sobre o desemprego nos Estados Unidos e as declarações de dirigentes do Federal Reserve (Fed). Também observam a emissão de bônus de 30 anos pelo governo norte-americano, que testará o apetite dos investidores ante as incertezas sobre os juros e a saúde financeira de alguns bancos regionais dos EUA.

🌊 No azul. O SoftBank obteve seu primeiro lucro após quatro trimestres consecutivos de perdas, apoiado por uma recuperação no valor das participações públicas do Vision Fund e por um ganho inesperado com as ações da T-Mobile US.

🦾 Otimismo no horizonte. As ações da Arm Holdings, na qual o SoftBank detém uma participação, saltaram impressionantes 42% depois do fechamento das bolsas nos EUA (no pré-mercado subiam em torno de +25%). A designer de chips fez uma previsão surpreendentemente otimista.

🚶‍♀️ Mudança de rumo? A Unilever relatou crescimento de vendas pela primeira vez em mais de dois anos, indicando uma mudança positiva, já que a queda da inflação de preços levou a um aumento nas compras dos consumidores.

🪙 Sinais da ArcelorMittal. A maior siderúrgica do mundo fora da China previu um aumento na demanda pelo metal este ano, depositando sua esperança no forte avanço da Índia.

🪢 Maré ruim. As ações da AP Moller-Maersk caíram mais de 13% ante sua previsão de que o setor de transporte marítimo deve desacelerar no final deste ano, quando o atual aumento das taxas de frete decorrente do conflito no Mar Vermelho evaporar.

💊 Mais incertezas no front. A AstraZeneca divulgou lucros e uma previsão anual abaixo das expectativas, destacando as preocupações com as margens de lucro.

A nota completa sobre o que está guiando os mercados hoje

Os mercados esta manhãdfd
🔘 As bolsas ontem (07/02): Dow Jones Industrials (+0,40%), S&P 500 (+0,82%), Nasdaq Composite (+0,95%), Stoxx 600 (-0,23%), Ibovespa (-0,36%)

LEIA + Siga a trilha dos mercados para conhecer as variáveis que orientaram os investidores →

🗓️ Agenda: Os eventos e indicadores em destaque hoje e na semana →

Destaques da Bloomberg Línea:

Petrobras enfrenta desafio de encontrar petróleo para recompor reservas

Bradesco terá evolução gradual, sem apostar em ‘bala de prata’, diz novo CEO

Empresas e bancos mudam planos de captação com restrição do CMN a títulos isentos

E mais na versão e-mail do Breakfast:

• Também é importante: Dengo investe US$ 20 mi para expansão global de olho em demanda ESG | Preocupação com o setor de imóveis comerciais se espalha dos EUA para a Europa

• Opinião Bloomberg: Carros elétricos usados ficam mais acessíveis. Mas não deveríamos comemorar

• Para não ficar de fora: Gigante do setor de diamantes alerta que recuperação do setor será lenta

Essa foi uma amostra de Breakfast, a newsletter matinal da Bloomberg Línea com as notícias de destaque no Brasil e no mundo.

Para receber a íntegra da newsletter na sua caixa de email, registre-se gratuitamente no nosso site.

Por hoje é só. Bom dia!

Obrigado por ler nossa newsletter matinal.

Equipe Breakfast: Michelly Teixeira (Editor/Newsletter Coordinator), Filipe Serrano (Editor, Brazil), Mariana d’Ávila (Assistant Editor, Brazil)
anterior
siguiente