Internacional

Ucrânia acusa Rússia de destruir edifício residencial com míssil

Pelo menos 15 pessoas foram mortas e mais de 20 ficaram soterradas por toneladas de destroços, segundo governador de Donetsk

Tropas russas estão atacando cidades, como Chasiv Yar, na região leste de Donetsk
Por Bloomberg News
10 de Julho, 2022 | 11:55 am
Tempo de leitura: <1 minuto

Bloomberg — O governo da Ucrânia acusou, neste domingo (10), a Rússia de realizar um ataque com míssil contra um prédio residencial em Chasiv Yar, na região de Donetsk.

As forças do Kremlin usaram mísseis transportados por caminhão para atingir um apartamento de cinco andares em Chasiv Yar, perto de Kramatorsk, no leste da região ucraniana de Donestsk, disse o governador regional Pavlo Kyrylenko.

Pelo menos 15 pessoas ficaram mortas e mais de 20 foram soterradas por toneladas de destroços. Outras foram resgatadas com vida.

Chasiv Yar é uma das cidades sob intenso bombardeio enquanto as tropas russas intensificam a pressão em Donetsk. As forças do Kremlim já controlam a maior parte da província de Luhansk.

PUBLICIDADE

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

O que aconteceria em uma guerra nuclear? Terra teria ‘pequena era glacial’

PUBLICIDADE