Tech

Twitter suspende anúncios na Rússia e Ucrânia para manter foco na segurança

Rede social faz esforço para limitar a disseminação de conteúdo enganoso e abusivo

Twitter
Por Kurt Wagner
25 de Fevereiro, 2022 | 09:25 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — O Twitter Inc. (TWTR) disse que suspendeu toda a publicidade na Rússia e na Ucrânia, com o objetivo de garantir que as postagens promocionais não prejudiquem as informações de segurança pública enviadas pela rede social.

A empresa com sede em São Francisco não exibirá publicidade nesses mercados e também restringirá as recomendações de tweets que aparecem nas linhas do tempo dos usuários de contas que eles ainda não seguem, em um esforço para limitar a disseminação de conteúdo enganoso e abusivo.

“Estamos pausando temporariamente os anúncios na Ucrânia e na Rússia para garantir que as informações críticas de segurança pública sejam elevadas e os anúncios não as prejudiquem”, disse.

A Rússia lançou uma invasão em larga escala da Ucrânia na quinta-feira, atacando o país pelo norte, leste e sul. Tropas russas estão bombardeando cidades ucranianas, com o objetivo de tomar a capital, Kiev.

PUBLICIDADE

O Twitter disse anteriormente que estava “monitorando narrativas emergentes que violam as regras do Twitter” como parte de seu esforço para combater conteúdo problemático online durante a guerra.

A Meta Platforms Inc. (FB), dona das redes sociais Facebook e Instagram, também está verificando e rotulando postagens de organizações de mídia estatais russas. O governo russo disse na sexta-feira que limitaria parcialmente o Facebook no país como resultado dessa iniciativa.

Veja mais em bloomberg.com

PUBLICIDADE