Cripto

Kanye West explica por que ele não fará NFTs, por enquanto

Celebridades como Paris Hilton, Melania Trump e William Shatner começaram a vender NFTs, tokens que representam propriedade

"Meu foco é construir produtos reais no mundo real”, dizia a nota manuscrita, com instruções para não fazer um NFT
Por Lisa Fleisher
01 de Fevereiro, 2022 | 09:37 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — O cantor e rapper Kanye West diz que não vai lucrar com a febre das NFTs, ao contrário de outras celebridades e músicos. Como Kanye é Kanye, ele deixou a porta aberta para mudar de ideia.

O artista anotou seus sentimentos sobre tokens não fungíveis em um pedaço de papel e postou no Instagram na tarde de segunda-feira (31) para seus 10,5 milhões de seguidores.

“Meu foco é construir produtos reais no mundo real”, dizia a nota manuscrita, com instruções para não fazer um NFT. Mas, em um pós-escrito, ele escreveu: “Pergunte-me mais tarde”.

Celebridades como Paris Hilton, Melania Trump e William Shatner começaram a vender NFTs, tokens que representam propriedade – embora não necessariamente propriedade de direitos autorais – de arte, cartões comerciais, roupas virtuais ou outros itens. O quarterback Tom Brady lançou NFTs colecionáveis em dezembro, e uma empresa que ele cofundou recentemente levantou US$ 170 milhões do Vale do Silício.

PUBLICIDADE

Cerca de US$ 44 bilhões foram negociados nos mercados NFT somente em 2021, de acordo com a Chainalysis, uma empresa de software e dados blockchain.

As compras são de alto risco e têm pouco histórico de retorno do dinheiro de um investidor individual. Mas alguns clientes não estão nisso pelo pagamento, mas sim pela coleção de lembranças ou presentes de aniversário.

Na legenda de sua postagem no Instagram, West disse a todos que parassem de pedir que ele fizesse NFTs. dfd

Mais amplamente, as celebridades têm alavancado as marca e credibilidade para produtos ou moedas relacionados a criptomoedas. Até mesmo atores de Hollywood como Matt Damon, que está promovendo o Crypto.com, estão se envolvendo.

É uma perspectiva arriscada. O Bitcoin caiu mais de 35% desde que a campanha publicitária de Damon foi anunciada em outubro.

PUBLICIDADE

Kim Kardashian e Floyd Mayweather Jr. foram processados por seus papéis promovendo uma criptomoeda chamada EthereumMax. Kardashian também foi criticada pelo regulador financeiro do Reino Unido, que disse que ela e outras celebridades estavam sendo pagas para inundar seus seguidores com “delírios de riqueza rápida”.

West, ex de Kardashian, disse em sua nota que estava focado em “comida real, roupas reais, abrigo real”. Ele certamente tem pouca necessidade de pagamento digital, tendo construído um império de negócios que inclui moda, tênis e imóveis. Em 2019, antes da pandemia de Covid-19, o Bank of America avaliou seu negócio de tênis em até US$ 3 bilhões.

Leia também