Internacional

Minério de ferro avança com aposta em maior demanda na China

Contratos futuros em Singapura saudaram o novo ano com um ganho de 4,4% no início do pregão

A produção siderúrgica e a demanda de minério de ferro ainda devem diminuir na China este ano
Por Annie Lee
03 de Janeiro, 2022 | 10:50 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — O preço do minério de ferro estendeu ganhos e avançou pelo terceiro pregão consecutivo. A perspectiva para a demanda dessa matéria-prima para fabricação de aço melhora após um 2021 turbulento.

Os contratos futuros em Singapura saudaram o novo ano com um ganho de 4,4% no início do pregão. Os investidores se animaram com a contínua expansão da atividade nas fábricas da Ásia no mês passado e esperam aumento da produção de aço na China no final de fevereiro.

“As expectativas do mercado sinalizam que a produção doméstica de aço dará um salto após as Olimpíadas de Inverno de Pequim”, quando as restrições à produção devem ser parcialmente retiradas, afirmou Atilla Widnell, diretor-gerente da Navigate Commodities, em relatório. A produção siderúrgica e a demanda de minério de ferro ainda devem diminuir na China este ano, porém a política monetária mais flexível e os sinais de que incorporadoras imobiliárias endividadas serão resgatadas devem atenuar a desaceleração, explicou o especialista.

Veja mais: Goldman ressalta oportunidades perdidas nas bolsas dos EUA

PUBLICIDADE

O minério de ferro acumula alta de aproximadamente 5% desde 29 de dezembro. Os mercados de Dalian e Xangai ficaram fechados nesta segunda-feira por causa de feriado.

Pequim deve implementar estímulos fiscais e política monetária relativamente flexível para conter a freada econômica após a promessa do presidente Xi Jinping de enfrentar os riscos que podem atrapalhar a marcha de desenvolvimento do país. Isso deve ajudar a demanda por minério de ferro, que despencou a partir do meio do ano passado e começou a se recuperar em meados de novembro.

Ainda assim, as políticas ambientais provavelmente continuarão sendo fator importante para esse setor que é grande fonte de poluição do ar na China. O consumo de carvão em setores como o siderúrgico será rigorosamente limitado para reduzir as emissões de carbono, de acordo com o plano quinquenal para matérias-primas divulgado na semana passada.

Veja mais em bloomberg.com

PUBLICIDADE