Tem boi na carteira - e rende mais que o CDI

Também no Breakfast: Enquanto o petróleo cai, renda variável encadeia novas altas; Guerra na Ucrânia abre portas para mercados emergentes e Por que a estatueta de ouro do Oscar custa menos que uma xícara de café?

Tempo de leitura: 6 minutos

Bom dia! Este é o Breakfast - o seu primeiro gole de notícias. Uma seleção da Bloomberg Línea com os temas de destaque no mundo dos negócios e das finanças.

A perspectiva de novos aumentos dos juros no Brasil não assusta quem aposta no confinamento de boi como alternativa de investimento. Também pudera, a atividade deve oferecer um rendimento médio de 4,04% ao mês neste ano.

PUBLICIDADE

Para efeitos comparativos, a taxa Selic e todos os rendimentos atrelados a ela, como o CDI, pagam em média modestos 0,82% mensais. Nos últimos sete anos, confinar boi trouxe, invariavelmente, rendimentos superiores aos oferecidos pelo CDI.

🐂 E como funciona?

O confinamento consiste em comprar o garrotes (boi magro), a ração, medicação, deixar os animais engordando por três a quatro meses e vendê-los para frigoríficos. Se você não é pecuarista, nem confinador, mas se interessa pelo retorno que a atividade oferece, existem alternativas para buscar um rendimento pelo menos próximo desses patamares, como mostra a reportagem da Bloomberg Línea.

Investimento de pesodfd

Na trilha dos Mercados

Os mercados iniciaram o dia com disposição ao risco, amparados pela queda das cotações do petróleo e pela expectativa de avanços nas negociações entre Rússia e Ucrânia. 

⚪ Nova rodada de negociações 

Representantes das duas nações conversam hoje na Turquia: a Ucrânia luta por um acordo de cessar-fogo e tem um objetivo “mínimo” de uma melhoria na situação humanitária. O mercado continua observando com atenção o desenrolar da guerra e seu impacto sobre os preços das commodities.

🛢️ Até quando vai a trégua do petróleo?

E sobre os preços do petróleo, que vinham baixando como reação ao novo lockdown na China, o maior comprador mundial da commodity, esta manhã chegaram a subir, mas depois voltaram a retroceder.

🤔 Mercado desconfiado

Os investidores estão pedindo prêmios mais altos para carregar os bônus soberanos. E esse aumento dos prêmios, que induz a um menor valor nominal dos títulos, espelha o aperto monetário indicado pelo Federal Reserve (Fed) para controlar a inflação. Muito se fala das inversões da curva dos juros dos Treasuries. O diferencial entre os títulos de dois anos e os de dez anos está cada vez mais estreito, enunciando a expectativa de uma desaceleração econômica iminente.

📊 Macro no ar

Hoje começa a ser despejada nos mercados parte dos dados macroeconômicos importantes programados para a semana. Entre os destaques está a confiança do consumidor nos EUA e na Alemanha. Amanhã a agenda estará bem carregada, inclusive com índices inflacionários. O impacto da guerra sobre os mercados deve se deixar ver nos indicadores.

✳️ Alta entre os contratos futuros de índices e, sobretudo, nas bolsas europeias.

Um panorama dos mercados na primeira hora do diadfd

🟢 As bolsas ontem: Dow (+0,27%), S&P 500 (+0,71%), Nasdaq (+1,31%), Stoxx 600 (+0,14%), Ibovespa (-0,29%)

Uma recuperação dos papéis de tecnologia e de empresas de grande porte permitiu que os principais índices norte-americanos revertessem as perdas da manhã para fechar com ganhos - a terceira alta consecutiva. A percepção de alguns operadores que os EUA sentirá menos o abalo da economia mundial com a guerra motivou essa confiança. Destaque de alta para a Tesla: a fabricante de veículos elétricos pretende fazer outro desdobramento de ações. Com a notícia, a empresa acrescentou cerca de US$ 84 bilhões ao seu valor de mercado, mais do que toda a capitalização da Ford Motor.

Saiba mais sobre o vaivém dos Mercados

No radar

Esta é a agenda prevista para hoje:

• EUA: Índice Redbook; Índice de Preços de Imóveis/Jan); Confiança do Consumidor Conference Board/Mar; Ofertas de Emprego JOLTs/Fev; Perspectiva do Setor de Serviços de Texas/Mar; Estoques de Petróleo Bruto Semanal API

• Europa: Alemanha (Clima do Consumidor GfK/Abr, Preços de Bens Importados/Fev, Vendas no Varejo/Fev); Reino Unido ( Índice Nationwide de Preços dos Imóveis, Crédito ao Consumidor BoE/Fev, Aprovações e Empréstimos Hipotecários/Fev, Massa Monetária M4); França (Confiança do Consumidor/Mar); Espanha (Vendas no Varejo/Fev)

• Ásia: Japão (Vendas no Varejo/Fev)

• América Latina: Brasil (Índice de Evolução de Emprego do CAGED/Fev); Argentina (Atividade Econômica/Jan)

• Bancos centrais: Boletim trimestral do Bank of England (BoE). Discursos de Masayoshi Amamiya (vice-governador do BoJ); Elizabeth MacCaul (BCE); John Williams e Patrick Harker (FOMC/Fed)

📌 E para amanhã:

• EUA: Pedidos e Juros de Hipotecas MBA; Índice de Compras MBA; Variação de Empregos Privados ADP/Mar; Núcleo de Preços PCE/4T21; PIB/4T21; Gastos dos Consumidores/4T21; Estoques de Petróleo Bruto; Atividade das refinarias de Petróleo pela EIA; Produção e Estoques de Gasolina

• Europa: Zona do Euro (Confiança de Empresas e Consumidores; Clima de Negócios, Expectativas de Inflação ao Consumidor; Confiança Industrial e nos Serviços - Mar); Alemanha (IPC/Mar); Espanha (IPC/Mar, Confiança Empresarial); Itália (IPP, Confiança Empresarial e do Consumidor, Vendas da Indústria/Mar); Portugal (Confiança do Consumidor e Empresarial/Mar)

• Ásia: Japão (Produção Industrial/Fev); China (PMI Composto e Industrial/Mar)

• América Latina: Brasil (IGP-M/Mar; IPP/Fev; Empréstimos Bancários/Fev; Fluxo Cambial Estrangeiro); México (Taxa de Desemprego/Fev; Balanço Fiscal); Chile (Produção Manufatureira/Fev, Desemprego/Fev)

Bancos centrais: Pronunciamento de Ben Broadbent, do Banco da Inglaterra (BoE)

Destaques da Bloomberg Línea

Ministro da Educação é demitido em meio a acusações de tráfico de influência

Imprensa relata tiroteio em aeroporto de Cancún, mas administração nega

Tapa do Will Smith: Oscar teve 15 milhões de espectadores em 2022

Entenda a aposta de Eduardo Leite contra Doria para liderar 3ª via

Também é importante

Oscar statues on display at "Meet the Oscars". Photographer: Andrew H. Walker/Getty Images North Americadfd

Por que a estatueta de ouro do Oscar custa menos que uma xícara de café? Aconteceu no último domingo (27) um dos eventos mais esperados do ano pelos cinéfilos: a premiação do Oscar. Ao todo, foram distribuídos 23 prêmios, entre indicações como melhor filme, direção, roteiro, atores e atrizes principais e coadjuvantes, documentário, entre outros. Mas quanto ganham os atores se forem premiados no Oscar? E quanto vale uma das estatuetas mais desejadas de Hollywood?

Guerra na Ucrânia abre portas para mercados emergentes. Com a chegada do final do pior trimestre para os títulos em dólar de mercados emergentes em 24 anos, se abre uma profunda divisão entre países que têm e que não têm commodities, e investidores concentram suas esperanças nos exportadores do Oriente Médio e da América Latina.

Xangai fecha metade da cidade para combater surto de covid. Xangai ficará em lockdown em duas fases, alternando as duas metades da cidade, para realizar uma blitz de testes de covid em massa, enquanto as autoridades lutam para conter um surto, que está desafiando a abordagem chinesa de tolerância zero ao vírus como nunca antes.

Petrobras desaba após informação sobre demissão de Silva e Luna. O principal papel da Petrobras (PETR4) na bolsa brasileira caiu até 4,1% nesta segunda depois de uma reportagem da revista Veja afirmar, sem citar fontes, que Jair Bolsonaro decidiu demitir o presidente da companhia, Joaquim Silva e Luna, antes mesmo de completar um ano no cargo.

Opinião Bloomberg

Acordo de paz? Não enquanto os dois lados pensarem que estão ganhando

Todas as guerras terminam com acordos políticos. Enquanto a guerra na Ucrânia continua se arrastando, alguns analistas argumentam que a base para um pacto de paz com a Rússia poderia ser o acordo de neutralidade política por parte da Ucrânia. Mas como o diabo de qualquer acordo está nos detalhes - e, neste caso, esses detalhes são realmente diabólicos - a neutralização ao longo de linhas toleráveis para a Ucrânia seria – pelo menos diante das atuais circunstâncias – abominável para o presidente russo Vladimir Putin, enquanto um acordo de neutralidade ao longo de linhas toleráveis para Putin seria uma sentença de morte para uma Ucrânia independente.

Pra não ficar de fora

"Recebo propostas de muita gente por conta do sucesso que aconteceu, mas agora é colocar o pé no chão, estruturar, não deixar cair a qualidade"dfd

Mais distante das colunas de famosos e notícias de influenciadores, o sócio das marcas de roupa das influenciadoras Jade Picon e Gessica Kayane, conhecida como Gkay, afirma que ser conhecido não é seu objetivo.

O publicitário nascido no interior de São Paulo começou a empreender desde cedo, mas foi quando criou sua empresa de confecção voltada para colégios e faculdades que viu sua ideia se consolidando.

O jovem empresário foi de criar moletons focados em adolescentes para sócio de nomes conhecido na internet. Hoje, sua companhia, a Mean It, é holding de outras quatro: Jade², Gyka by Gkay, Blossom e Treze Clout.

🥼 A função de Dutra e sua holding nas empresas que tem parceria é cuidar da confecção, desde a compra do tecido, e do pós-venda e serviço de atendimento ao consumidor, o SAC.

Quer receber o Breakfast por e-mail? Registre-se gratuitamente no nosso site. E aqui você encontra as edições anteriores de nossa newsletter.

Edição: Michelly Teixeira | News Editor, Europe

Por hoje é só. Bom dia e obrigado por ler nossa newsletter!