O Real Digital está logo ali

Também no Breakfast: Mercados tentam recuperação após “sanções brandas”; É ‘invasão’ russa? Ainda não, segundo alguns líderes ocidentais; Terceira via nas eleições ainda desafia a matemática

Tempo de leitura: 6 minutos

Bom dia! Este é o Breakfast - o seu primeiro gole de notícias. Uma seleção da Bloomberg Línea com os temas de destaque no mundo dos negócios e das finanças.

O Brasil deve começar a colocar em prática o projeto piloto de criação do Real Digital no segundo semestre deste ano, após a implementação das regras do novo marco legal do câmbio, promulgado no fim de 2021.

PUBLICIDADE

A informação partiu do presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, durante evento realizado ontem (22) pelo BTG Pactual em São Paulo.

Essa iniciativa faz parte do movimento de modernização, simplificação e digitalização do Sistema Financeiro Nacional, acelerado pelo lançamento do Pix, sistema de pagamentos instantâneos no quarto trimestre de 2020. “Implementando a lei cambial, a gente vai para a moeda digital”, acrescentou.

🟢 Criptoativos também na pauta

O Senado deu um primeiro passo para regular o mercado doméstico de criptomoedas com um importante avanço na tramitação de um projeto de lei que cria regras básicas para fundos de moeda digital e seu uso no dia-a-dia.

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou o texto ontem por unanimidade de 14 votos. O projeto agora vai para votação no plenário do Senado, seguindo depois para a Câmara, se aprovado, antes que a presidência possa sancioná-lo.

Senadores aprovaram projeto de lei com regras básicas na CAE por 14 votos, e agora segue para o plenário da Casa dfd

Na trilha dos Mercados

Os mercados de renda variável acenam para uma recuperação, mas a tônica ainda é de cautela. O embate entre Ocidente e Rússia com relação à Ucrânia entrou em um novo capítulo, o das sanções, e os investidores acompanham de perto o desenrolar dos fatos.

⬆️ Esta manhã, as bolsas europeias abriram com valorização, no mesmo passo dos futuros de índices dos Estados Unidos.

🧩 Geoestratégia em primeiro plano

A atenção dos investidores estará dirigida sobretudo aos novos lances na geopolítica. Anunciadas as primeiras sanções por parte da Europa e dos EUA, o presidente russo Vladimir Putin disse que continua pronto para buscar “soluções diplomáticas” desde que os interesses e a segurança da Rússia estejam garantidos.Líderes ocidentais concordaram com uma primeira rodada de sanções contra Moscou por suas ações sobre território ucraniano detido pelos separatistas. A Alemanha deu o primeiro passo ao suspender a certificação do gasoduto Nord Stream 2. Logo veio o Reino Unido com penalizações a bilionários e bancos russos. E os Estados Unidos arremataram com sanções que afetam a dívida soberana do país, dois bancos e a elite russa.

🏦 Crise geopolítica x Aperto monetário  

As incertezas no front geopolítico e o impacto das sanções à Rússia, ou de um eventual ataque à Ucrânia, no fornecimento de commodities energéticas estão levando os operadores a rever suas apostas para a política monetária europeia.

Antes à espera de uma ação mais enérgica pelo Banco Central Europeu (BCE) no combate à inflação, agora os mercados veem o primeiro aumento de 0,25 ponto porcentual só em dezembro. A maioria das apostas convergiam para um aumento de juros em outubro.

Leia também:

•  Cinco gráficos para entender impacto da crise da Ucrânia nos mercados

•  S&P pode cair 6% com piora do conflito na Ucrânia, diz Goldman

Uma panorama dos mercadosdfd

🟢 As bolsas ontem: Dow (-1,42%), S&P 500 (-1,01%), Nasdaq (-1,23%), Stoxx 600 (+0,07%), Ibovespa (+1,04%)

Os mercados de ações dos EUA acentuaram a queda na tarde de ontem, à espera do discurso do presidente americano Joe Biden sobre a Rússia, que veio com as bolsas já fechadas.

Saiba mais sobre o vaivém dos Mercados

No radar

Esta é a agenda prevista para hoje:

• Feriado no Japão

• EUA: Pedidos e Juros de Hipotecas MBA; Estoques de Petróleo Bruto API

 Europa: Zona do Euro (IPC/Jan); Alemanha (Clima do Consumidor GfK/Mar); França (Pesquisa em Empresas/Fev)

• Bancos Centrais: Discursos de Frank Elderson (BCE), Luis de Guindos (vice-presidente do BCE) e de Andrew Bailey (BoE). Decisão de taxa de juros da Nova Zelândia

• Balanços do dia: Lowe’s, Booking Holdings, TJX, entre outros

• Na América Latina: Brasil (IPCA-15/Fev; Transações Correntes/Jan; Investimento Estrangeiro Direto/Jan; Fluxo Cambial Estrangeiro); Argentina (Atividade Econômica/2021)

📌 E para amanhã:

EUA: Índice de Atividade Nacional Fed Chicago/Jan, Pedidos Contínuos por Seguro-Desemprego, Preços PCE/4Tri21, Lucros Corporativos/4Tri21, PIB/4Tri21, Pedidos Iniciais por Seguro-Desemprego, Gasto dos Consumidores/4Tri21, Vendas de Casas Novas/Jan, Estoques de Gás Natural, Atividade das refinarias de Petróleo pela EIA/Semanal), Índice de Atividade Industrial Fed KC/Fev

• Europa: Reino Unido (Pesquisa CBI de Varejo e Distribuição/Fev, Confiança do Consumidor GfK/Fev); França (Confiança do Consumidor/Fev); Itália (Vendas da Indústria/Dez)

• Ásia: Hong Kong (PIB/4Tri21, Balança Comercial/Jan)

• Na América Latina: Brasil ( Taxa de Desemprego, Empréstimos bancários/Jan); México (IPC- 1ª quinzena do mês/Fev)

• Bancos centrais: Discurso de Elizabeth McCaul, Isabel Schnabel, Edouard Fernandez-Bollo (BCE), Andrew Bailey, Huw Pill (BoE), Raphael Bostic, Christopher J. Waller (Fed)

Destaques da Bloomberg Línea

Gelo do mar da Antártida encolhe para a menor área de superfície já registrada

Marfrig propõe trocar 80% do conselho da BRF

Eleições: por que a terceira via ainda é um desafio à matemática

Arthur Lira pressiona Senado a votar reformas

É possível contrair a ômicron duas vezes, aponta estudo

Também é importante

Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou na tarde desta terça-feira (22) a primeira rodada de sanções contra cidadãos russos dfd

Joe Biden anuncia primeira rodada de sanções contra a Rússia. As medidas divulgadas pelo presidente dos Estados Unidos após a escalada do conflito na fronteira da Ucrânia afetam a dívida soberana do país, dois bancos e a elite russa. O anúncio segue as penalidades anunciadas anteriormente pela União Europeia e pelo Reino Unido.

É ‘invasão’ russa? Ainda não, segundo alguns líderes ocidentais. Muitos líderes ocidentais evitam declarar que o reconhecimento de repúblicas separatistas no leste da Ucrânia por Vladimir Putin equivale a uma invasão, mesmo diante da ordem do presidente russo para que suas tropas comecem a se deslocar para as áreas separatistas.

• Bilionários russos perdem US$ 33 bi com escalada de tensão na Ucrânia. As fortunas dos super-ricos da Rússia caíram US$ 33 bilhões este ano, com o crescente conflito na Ucrânia prestes a tornar essa destruição de riqueza muito maior. Gennady Timchenko encabeça a lista de bilionários russos que viram suas fortunas cair, com quase um terço de sua riqueza desaparecendo desde 1º de janeiro, segundo o Bloomberg Billionaires Index.

• Senadores brasileiros pedem detalhamento de gastos com cartões da Presidência. A Comissão de Fiscalização e Controle do Senado aprovou ontem (22) requerimento para que o Planalto o detalhamento dos gastos da Presidência da República com o cartão corporativo. A petição será enviada à Mesa Diretora do Senado, que decide se o encaminha o Planalto ou não.

Opinião Bloomberg

Banqueiros adoram Porsches. Finalmente, a VW vislumbra um IPO

Como a Ferrari, a Porsche tem excelentes margens de lucro e uma reputação de tradição em carros esportivos e de luxo. Além disso, tem uma estratégia impressionante de veículos elétricos para desafiar a Tesla – o Porsche Taycan já supera o 911. Como empresa independente, a Porsche pode valer 80 bilhões de euros (US$ 91 bilhões).

É por isso que eu e quase todos que seguem a controladora Volkswagen argumentamos que a melhor coisa a fazer seria listar a Porsche separadamente. Afinal, toda a capitalização de mercado da VW mal ultrapassa os 100 bilhões de euros.

Pra não ficar de fora

É o que pleiteia primeiro-ministro britânico; Uefa ainda está analisando situaçãodfd

Embora as sanções do primeiro-ministro Boris Johnson à Rússia pelo reconhecimento de duas autoproclamadas repúblicas na Ucrânia tenham sido criticadas como fracas por alguns legisladores do Reino Unido, uma das penalidades proposta pode atingir o presidente russo Vladimir Putin.

⚽ Johnson pediu que a partida de maior prestígio do futebol europeu de clubes, a final da Champions League, seja transferida da cidade natal de Putin, São Petersburgo, onde deve ser disputada na Gazprom Arena em 28 de maio. “É impossível realizar torneios de futebol em uma Rússia que invade países soberanos”, disse ele ao Parlamento do Reino Unido.

🧐 A Uefa disse em um comunicado enviado por e-mail que está “monitorando de perto a situação e qualquer decisão será tomada oportunamente se necessário”. A entidade não quis fazer mais comentários.

Quer receber o Breakfast por e-mail? Registre-se gratuitamente no nosso site. E aqui você encontra as edições anteriores de nossa newsletter.

Edição: Michelly Teixeira | News Editor, Europe

Por hoje é só. Bom dia e obrigado por ler nossa newsletter!