De inflação menor a encontro de Biden e Xi Jinping: os eventos que movem os mercados

As operações refletem o aumento da perspectiva de fim da era de aperto monetário e os investidores monitoram os resultados do esperado encontro entre os presidentes dos EUA e da China

Estes são os eventos que orientam os investidores e movem os mercados hoje
Por Bianca Ribeiro - Michelly Teixeira
15 de Novembro, 2023 | 07:18 AM

Barcelona, Espanha — O alívio com a desaceleração da inflação nos EUA e no Reino Unido sustenta o ânimo dos investidores, que esperam hoje pelo IPP norte-americano. A injeção de US$200 bilhões no sistema bancário chinês e dados melhores de comércio no país também influenciam a jornada, enquanto a atenção se volta para a chegada de Xi Jinping, presidente da China, para um encontro com seu homólogo Joe Biden em sua primeira visita aos EUA em seis anos.

Assine a newsletter matinal Breakfast, uma seleção da Bloomberg Línea com os temas de destaque em negócios e finanças no Brasil e no mundo.

🤝 Pauta do encontro. Os temas da conversa entre os presidentes das duas maiores economias do mundo devem passar por controles de exportação, tarifas e restrições ao investimento entre os países, a inteligência artificial, o status de Taiwan e os conflitos envolvendo a Ucrânia e Israel. Também estão na pauta o retorno da comunicação entre militares e uma repressão mais firme das redes de produção e distribuição de fentanil.

Inflação em baixa. Assim como nos EUA, a inflação no Reino Unido desacelerou mais do que o previsto, para 4,6% em outubro, reforçando a esperança de que o trabalho do Banco da Inglaterra (BoE) poderia estar concluído. Nos EUA, integrantes do Fed saudaram o resultado do IPC, mas lembraram que ainda é preciso devolver a inflação para a meta. As operações no mercado de bônus dos EUA indicam que as chances de um novo aumento de juros caíram para zero e que o juro pode começar a ser reduzido até julho.

PUBLICIDADE

🤖 ChatGPT em pausa. O CEO da OpenAI, Sam Altman, avisou em um post no X nesta quarta-feira (15) que a empresa interromperá a aceitação de novos usuários para o serviço pago do ChatGPT Plus devido à grande demanda. A apresentação de novos recursos e atualizações, na semana passada, desencadeou um aumento no uso da ferramenta.

🚅Ajuste de contas. As ações da Alstom eram destaque de queda em Paris (-16%) hoje, após a fabricante francesa de trens avisar que planeja cortar 1.500 empregos e vender ativos no valor de €1 bilhão para reduzir sua dívida líquida em €2 bilhões até março de 2025.

👷 Acordo em risco. O acordo provisório entre a GM e o sindicato United Auto Workers (UAW) sofreu um revés após mais de 60% dos trabalhadores de duas grandes fábricas votarem contra o pacto, que inclui um aumento salarial recorde de 25%. O prazo de votação termina na quinta-feira (16). As votações dos trabalhadores da Ford e da Stellantis têm sido mais favoráveis aos acordos até agora.

🇺🇸 Etapa vencida. A Câmara dos EUA aprovou um projeto de lei temporário de financiamento do governo que reduz significativamente o risco de uma paralisação, enquanto atrasa recursos de ajuda à Ucrânia, políticas de fronteira e cortes profundos nos programas federais. Agora o Senado precisa aprovar o projeto até a noite de sexta-feira, quando termina o financiamento federal.

💸 Revisão de exposição. O Federal Retirement Thrift Investment Board, maior fundo de pensão dos EUA, com patrimônio de US$771 bilhões, avisou nesta terça-feira(14) que seu fundo internacional, de US$ 68 bilhões, vai eliminar a exposição a investimentos em Hong Kong e na China continental.

🏮 Japão encolhe. A economia japonesa encolheu -2,1% no terceiro trimestre em termos anualizados, superando significativamente a estimativa do mercado (-0,4%) para o período e mostrando que o suporte do governo e do banco central ainda é necessário. Além de gastos ainda modestos dos consumidores, houve queda mais acentuada nos gastos das empresas e um aumento das importações no período.

🚘 Meta bilionária. A Renault disse que a receita da Ampere, sua divisão de carros elétricos e software, deve atingir mais de €10 bilhões até 2025. Com previsão de abrir seu capital entre abril e maio de 2024, a empresa deve lançar o Legend, um EV compacto fabricado na Europa que custará menos de €20.000, competindo com a Tesla e concorrentes chineses.

PUBLICIDADE

📈 O vaivém dos ativos. Os contratos futuros de índices dos EUA operavam em alta, assim como as bolsas europeias. Na Ásia, os índices também subiram com força. Em outros mercados, o prêmio de risco do título de 10 anos dos EUA, em queda, era de 4,457%. No mercado cambial, o euro e a libra se depreciavam em relação ao dólar, enquanto o iene se valorizava pouco. O ouro operava com valorização, enquanto os contratos de petróleo bruto WTI recuavam, cotados ao redor de US$78 por barril.

(Com informações de Bloomberg News)

Os mercados esta manhãdfd

🟢 As bolsas ontem (14/11): Dow Jones Industrials (+1,43%), S&P 500 (+1,91%), Nasdaq Composite (+2,37%), Stoxx 600 (+1,34%), Ibovespa (+2,29%)

A desaceleração inesperada do núcleo da inflação nos EUA garantiu ganhos no mercado acionário, com os investidores mais confiantes de que o ciclo de alta das taxas do Fed chegou ao fim. As ações da Tesla e da Nvidia se destacaram.

Saiba mais sobre o vaivém dos Mercados e se inscreva no After Hours, a newsletter vespertina da Bloomberg Línea com o resumo do fechamento dos mercados.

Na Agenda

Esta é a agenda prevista para hoje:

EUA: IPP/Out, Vendas no Varejo/Out, Nível de Estoques do Varejo/Set, Estoques das Empresas/Set, Índice Empire State de Atividade Industrial/Nov, GDPNow-Fed Atlanta/4T23, Pedidos de Hipotecas-MBA, Estoques de Petróleo Bruto, Estoques de Petróleo-Cushing

Europa: Zona do Euro (Produção Industrial/Set, Balança Comercial/Set, Total de Ativos de Reserva/Out); Reino Unido(IPC/Out, IPP/Out, Índice de Preços de Imóveis); Alemanha (Índice de Preços por Atacado/Out); França (IPC/Out, Taxa de Desemprego/3T23); Itália (IPC/Out)

Ásia: Japão (Produção Industrial e Uso da Capacidade Instalada/Set, Balança Comercial/Out, Investimentos Estrangeiros em Ações Japonesas); China (Preços de Imóveis/Out)

Bancos centrais: Reunião de Política Não Monetária (BCE)

Balanços: Cisco, Target, Alcon

🗓️ Os eventos de destaque na semana →

Leia também:

Nubank supera estimativas e vê condições de continuar a expandir o crédito

Stone aprova recompra de ações de até R$ 1 bilhão após ampliar o caixa

Magazine Luiza: falha de R$ 829 mi na contabilidade gera incerteza, dizem analistas

Bianca Ribeiro

Bianca Ribeiro

Jornalista especializada em economia e finanças, com passagem por redações e veículos focados em economia, como Valor Econômico, Agência Estado e Folha de S.Paulo.

Michelly Teixeira

Jornalista com mais de 20 anos como editora e repórter. Em seus 13 anos de Espanha, trabalhou na Radio Nacional de España/RNE e colaborou com a agência REDD Intelligence. No Brasil, passou pelas redações do Valor, Agência Estado e Gazeta Mercantil. Tem um MBA em Finanças, é pós-graduada em Marketing e fez um mestrado em Digital Business na ESADE.