A busca por um novo líder na Boeing

Também no Breakfast: O M&A dos setores de locação de máquinas pesadas e terraplanagem | A pressão de Lula sobre a próxima CEO da Petrobras | O alerta de Jamie Dimon sobre as apostas em corte de juros

Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg Línea — Este é o Breakfast - o seu primeiro gole de notícias. Uma seleção da Bloomberg Línea com os temas de destaque no mundo dos negócios e das finanças. Bom dia!

Enquanto a Boeing busca um CEO para tirar a fabricante de aviões de sua pior crise em muitos anos, os membros do conselho da empresa estão determinados a encontrar um líder que possa liderar o turnaround, o que significa que experiência profunda no setor aeroespacial não é necessariamente um requisito.

Isso abre a porta para pessoas de fora da indústria e aumenta o interesse nas intenções do executivo que lidera a busca: o novo presidente do conselho da Boeing, Steve Mollenkopf, ex-CEO da Qualcomm, discreto engenheiro de formação que está acostumado a lidar com crises corporativas.

Mollenkopf não revela seus planos sobre o processo de busca. Em conversas particulares, ele tem sondado fornecedores da Boeing e clientes de companhias aéreas sobre suas frustrações para ter uma melhor noção da magnitude da “limpeza” que o próximo líder da empresa precisará realizar.

PUBLICIDADE

O movimento aumenta o interesse sobre a primeira aparição pública de Mollenkopf como presidente do conselho na reunião anual de acionistas da Boeing nesta sexta-feira (16).

Leia mais: Procura-se um CEO: o executivo que lidera a busca por um novo líder para a Boeing

Stephen "Steve" Mollenkopf, former chief executive officer of Qualcomm Inc and now chairman of Boeingdfd

No radar dos mercados

As ações europeias recuam ainda mais dos níveis recordes desta semana, à medida que as apostas reduzidas de afrouxamento da política monetária do Federal Reserve levaram a um sentimento de aversão ao risco.

🇨🇳 Incentivo na China. O BC da China vai criar um programa nacional para liberar 300 bilhões de yuans (US$ 41,5 bi) em financiamento barato para ajudar empresas estatais a comprar imóveis não vendidos. O movimento vem em meio à crise imobiliária do país.

🤖 Reddit com IA. O Reddit firmou uma parceria com a OpenAI que levará seu conteúdo ao chatbot ChatGPT, além de ajudar a empresa de mídia social a adicionar novos recursos de inteligência artificial aos seus fóruns. As ações do Reddit subiram até 15% após o anúncio.

🇦🇷 Argentina mais cara. As tarifas de metrô em Buenos Aires quadruplicaram nesta sexta-feira, como consequência da política de austeridade do presidente Javier Milei. Os preços subiram para 574 pesos (64 centavos de dólar) dos 125 pesos anteriormente.

Leia a matéria completa sobre o que está guiando os mercados hoje

Breakfast 17-05-2024dfd
🔘 As bolsas ontem (16/05): Dow Jones Industrials (-0,10%), S&P 500 (-0,21%), Nasdaq (-0,26%), Stoxx 600 (-0,21%), Ibovespa (+0,20%)

LEIA + Siga a trilha dos mercados para conhecer as variáveis que orientaram os investidores →

🗓️ Agenda: Os eventos e indicadores em destaque hoje e na semana →

Destaques da Bloomberg Línea:

Armac avança para comprar Terram e entrar em terraplanagem, segundo fontes

Lula quer que nova CEO da Petrobras acelere investimentos em refinarias, dizem fontes

Corte de juro? Para Jamie Dimon, há ainda muitas ‘forças inflacionárias’ nos EUA

E mais na versão e-mail do Breakfast:

• Também é importante: Consolidação do setor aéreo poderia reduzir o custo de capital, diz CEO da Azul | Nova regra do FMI permitirá destinar US$ 20 bi para projetos, diz Ilan Goldfajn

• Opinião Bloomberg: Por que a Toyota tem uma estratégia cautelosa no mercado de carros elétricos

• Para não ficar de fora: Dow Jones ultrapassa os 40.000 pontos pela 1ª vez com expectativa sobre juros

Essa foi uma amostra de Breakfast, a newsletter matinal da Bloomberg Línea com as notícias de destaque no Brasil e no mundo.

Para receber a íntegra da newsletter na sua caixa de email, registre-se gratuitamente no nosso site.

Por hoje é só. Bom dia!

Obrigado por ler nossa newsletter matinal.

Equipe Breakfast: Marcelo Sakate (Editor-chefe, Brasil), Filipe Serrano (Editor, Brasil) e Mariana d’Ávila (Editora Assistente, Brasil)