Autoteste para covid-19: quanto custa e onde comprar em São Paulo

Produtos que permitem à pessoa realizar todas as etapas de testagem começam a chegar às farmácias nesta semana na capital paulista

Produto permite que a pessoa realize todas as etapas de testagem
03 de Março, 2022 | 02:31 PM

Bloomberg Línea — Começam a chegar às prateleiras de farmácias nesta semana em São Paulo os primeiros autotestes para covid-19 do Brasil.

O produto permite que a pessoa realize todas as etapas de testagem, desde a coleta da amostra até a interpretação do resultado, sem a necessidade de auxílio profissional.

Os autotestes foram aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no Brasil em janeiro. Até o momento, estão aprovados para comercialização seis produtos, como o “Autoteste COVID-19 Ag”, o “SGTi-flex COVID-19 Ag – SELF TEST”, bem como o da empresa brasiliense CPMH Produtos Hospitalares.

Em São Paulo, os autotestes aprovados pela Anvisa já podem ser encontrados nos sites das principais redes de drogarias, com valores até R$ 70 – inferior aos cerca de R$ 100 cobrados por testes de antígeno.

PUBLICIDADE

Segundo o Grupo DPSP (que inclui as Drogarias Pacheco e Drogaria São Paulo), os produtos estarão disponíveis nas lojas físicas a partir desta sexta-feira (4) nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Na sequência, ocorrerá a expansão para demais municípios e estados onde as redes estão presentes.

Ao todo, 500 mil autotestes foram providenciados junto às empresas, segundo o Grupo DPSP, com produtos aprovados pela Anvisa, como Eco Diagnóstica e Kovalent.

Veja mais: Brasil importa 20 mi de autotestes de covid para redes de farmácias

Procurada pela Bloomberg Línea, a RaiaDrogasil (RADL3) disse que os testes chegaram na quinta-feira (3) em 350 farmácias no estado de São Paulo. As unidades físicas da rede no interior e em demais estados devem receber o produto a partir deste fim de semana (entre os dias 5 e 6 de março), destaca a empresa.

Na RD, o teste vendido atualmente é o Novel Coronavírus (covid-19) Autoteste Antígeno, da empresa CPMH Comércio e Indústria de Produtos Médico-Hospitalares e Odontológicos, o primeiro aprovado pela Anvisa, em 17 de fevereiro.

Como funciona o autoteste?

O autoteste para covid é um produto que permite que a pessoa realize todas as etapas da testagem. Para isso, é preciso que siga as informações das instruções de uso, que possuem linguagem simples e figuras ilustrativas do seu passo a passo.

Veja mais: Estou com covid, quando devo tomar a terceira dose?

PUBLICIDADE

O teste pode ser utilizado entre o primeiro e o sétimo dia do início de sintomas como febre, tosse, dor de garganta, coriza (popularmente conhecida como nariz escorrendo), dores de cabeça e no corpo.

Caso a pessoa não tenha sintomas, mas tenha tido contato com alguém que testou positivo, o recomendado é aguardar cinco dias antes de usar o autoteste.

Os fabricantes destacam que o autoteste não define diagnóstico: o resultado possui caráter meramente orientativo ao paciente, que deve buscar confirmação por meio de um atendimento especializado de profissionais de saúde.

(Atualizado às 9h48 do dia 4/3/2022 com novas informações divulgadas pelas redes de farmácias)

Leia também:

ONU indica que preços dos alimentos se aproximam de recorde histórico

Mariana d'Ávila

Editora assistente na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero, especializada em investimentos e finanças pessoais e com passagem pela redação do InfoMoney.