promo
Mercados

Ibovespa descola do exterior e fecha em queda em véspera de feriado

Perdas em papéis ligados a setores como varejo impactaram o principal índice da Bolsa de São Paulo, enquanto dólar avançou

Tempo de leitura: <1 minuto

Bloomberg Línea — Na véspera do fim de semana estendido com feriado na segunda (15), o Ibovespa encerrou o dia em queda, com o mercado avaliando os dados de serviços, que vieram abaixo das estimativas. A influência das perdas em companhias que divulgaram balanços entre ontem e hoje (12) também pesou no índice. O câmbio avançou e os juros futuros recuaram. A semana que vem começa com dados industriais da China e ainda traz mais balanços .

O setor de serviços brasileiro registrou uma queda de 0,6% em setembro, na comparação com o mês anterior. Quatro das cinco atividades acompanhadas recuaram no mês, com destaque para o setor de transportes. Na comparação com o mês de setembro de 2020, o volume de serviços avançou 11,4%, sua sétima taxa positiva consecutiva. No ano, o acumulado é de um crescimento de 11,4%, e de 6,8% no período de 12 meses, a maior taxa da série histórica iniciada em dezembro de 2012.

Já no exterior, as bolsas subiram lideradas pelos setores de tecnologia e comunicação, à medida que as pressões inflacionárias continuam reverberando nos mercados.

  • Câmbio: O dólar fechou em alta de 1,00% a R$ 5,45
  • Bolsa: O Ibovespa caiu 1,17%, para 106.334 pontos. Apesar do recuo no dia, o índice acumulou alta de 1,44% na semana
  • Juros: O DI com vencimento para janeiro de 2023 recuou de 11,97% para 11,93% enquanto o de 2027 foi de 11,64% para 11,60%
  • Exterior: Em Nova York, o Dow Jones avançou 0,50%, o S&P 500 0,72%, e o Nasdaq 1,00%
  • Bitcoin: Perto das 18h00, a criptomoeda operava em queda de 0,86%, a US$ 64.465

-- Com informações de Bloomberg News

Igor Sodré

Igor Sodré

Jornalista com formação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, com experiência na cobertura de cultura e economia, tendo como foco mercado financeiro e companhias. Passou pela Bloomberg News e TradersClub.