Cripto

Lançamento do bitcoin provoca onda de especulação em El Salvador

Nova carteira digital do governo, chamada Chivo, foi criada para facilitar as transações com bitcoins

A carteira digital Chivo de El Salvador vem pré-carregada com US$ 30 em bitcoins
Por Michael McDonald
04 de Outubro, 2021 | 03:29 pm
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg — O bitcoin estimulou uma onda de especulação em El Salvador desde sua adoção como moeda legal no mês passado.

Motoristas da Uber, garçons e donos de lojas estão negociando a criptomoeda em seus telefones, comprando na baixa e vendendo na alta com um aplicativo do governo que vem pré-carregado com US$ 30 em bitcoins.

A nova carteira digital do governo, chamada Chivo, foi criada para facilitar as transações com bitcoins, mas a facilidade com que usuários podem recarregar seus saldos e alternar instantaneamente entre dólares e pequenas quantidades da criptomoeda a torna uma ferramenta perfeita para especulação.

Na capital San Salvador, muitas grandes redes como Starbucks, McDonald’s e supermercados aceitam a moeda digital para compras, e algumas empresas de menor porte também recebem bitcoins. No centro da cidade, Santos Enrique Hernández, dono de uma loja de eletrônicos, diz que até 10 clientes por dia usam bitcoins para comprar fones de ouvido, carregadores e capas de celulares.

PUBLICIDADE

Veja mais: Como você pode virar um minerador de criptomoedas

O aplicativo Chivo, que é uma gíria para “bacana”, pode ser mais rápido do que o dinheiro ou cartões de crédito, disse. Também permite especular com as oscilações, comprando bitcoins quando o preço cai e, em seguida, convertendo a moeda digital novamente em dólares se volta a subir. Ele diz que ganhou US$ 12 em dois dias especulando com tais movimentos.

O plano de El Salvador, ideia do presidente Nayib Bukele, de 40 anos, é o maior teste para o bitcoin em seus 12 anos de história. Uma implementação bem-sucedida que produza benefícios tangíveis para a empobrecida economia da América Central e tenha ampla aceitação por parte dos salvadorenhos poderia convencer outros países a usarem a criptomoeda.

2 milhões de usuários

El Salvador oficializou a criptomoeda em 7 de setembro, e agora mais de 2 milhões de pessoas no país de 6,5 milhões são usuários do Chivo, de acordo com Bukele. Os US$ 30 em bitcoins grátis equivalem a cerca de 8% do salário mínimo mensal.

PUBLICIDADE

Muitos usuários estão apenas gastando e especulando com as moedas fornecidas gratuitamente pelo governo, mas alguns aproveitam para recarregar com suas economias.

Um cliente da loja de eletrônicos de Hernández, Luis Alfredo Gémez, de 31 anos, comprou um cartão de memória de U $ 15 para o celular e pagou por meio do aplicativo Chivo. O bitcoin apareceu instantaneamente na carteira do telefone de Hernández. Mas nem todas as transações são tão perfeitas, disse Gómez.“O chato é que nem sempre há cobertura, mas, quando funciona, funciona bem”, disse Gómez.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também: Por que Whatsapp, Facebook e Instagram apresentam instabilidade?

PUBLICIDADE