Mercados

Analistas projetam Selic mais alta e inflação acelerada em 2022

Relatório Focus elevou as projeções para o fim de 2021 na divulgação desta segunda (13) em relação à semana anterior; somente a expectativa para o PIB sofreu redução

Selic deve chegar a 8% e PIB deve desacelerar
Por Maria Eloisa Capurro
13 de Setembro, 2021 | 11:38 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — O Relatório Focus do Banco Central elevou as projeções da taxa básica de juros, a Selic, para este ano e o próximo, depois que o avanço dos preços de energia levaram a inflação anual para a maior alta em cinco anos.

A expectativa para a Selic em 2021 foi de de 7,63% na semana anterior para 8%, segundo a pesquisa publicada hoje (13). Os analistas também elevaram a previsão da taxa de juros em 2022, de 7,75% para 8%.

A inflação anual medida pelo IPCA atingiu 9,68% em agosto, valor bem acima da meta do banco central de 3,75%. A seca severa está elevando as contas de luz justamente no momento em que a reabertura econômica pressiona os preços dos serviços. Embora o presidente Jair Bolsonaro tenha proporcionado algum alívio aos mercados financeiros ao sinalizar uma trégua com o STF na semana passada, as tensões políticas não se dissiparam completamente.

Veja mais: Vendas no varejo sobem 1,2% em julho e chegam a patamar recorde

PUBLICIDADE

De acordo com o Focus, o IPCA deve tocar os 8% em dezembro e 4,03% ao final de 2022 – ambas as leituras estão acima da meta. Ao mesmo tempo, a estimativa pra o PIB foi reduzida para 5,04% em 2021 e 1,72% em 2022.

Os membros do Comitê de Política Monetária (Copom), liderados pelo presidente do Banco Central Roberto Campos Neto, têm aumentado a taxa de juros desde março, e sinalizaram um segundo aumento consecutivo de um ponto percentual na reunião da próxima semana. Diversos analistas agora acreditam que um aumento ainda mais acentuado é garantido, e apostam em uma alta de pelo menos 1,25 ponto percentual.

O salto na inflação parece ser generalizada, com oito das nove categorias de produtos e serviços pesquisadas pelo IBGE registrando aumentos em agosto. Isso pode levar o BC a “agir rápido” para domar as expectativas de inflação, disse Campos Neto na semana passada.

Veja mais em bloomberg.com

PUBLICIDADE

Leia também:

Brasil cria uma nova estatal em mais um passo para privatizar Eletrobras

Brasília em Off: Guedes isolado em defesa do teto

O que derrubou a ação da Magalu para cotação mínima de 12 meses?

PUBLICIDADE