Ibovespa amplia perdas com queda da Petrobras e cena externa; dólar cai a R$ 4,90

Principal índice de ações da bolsa brasileira recuava nesta quarta-feira (6); dados de emprego nos EUA são acompanhados de perto

Ibovespa amplia perdas com queda da Petrobras e cena externa; dólar cai a R$ 4,90
06 de Dezembro, 2023 | 01:52 PM

Bloomberg Línea — O Ibovespa (IBOV) ampliou as perdas nesta quarta-feira (6) e caía 0,7% por volta das 13h50 (horário de Brasília), negociado aos 126.026 pontos. A sessão é de queda para petroleiras, como Petrobras (PETR3; PETR4) e PetroRio (PRIO3), que cediam até 3% no mesmo horário, em dia de baixa para os preços do petróleo.

Já as ações da Vale (VALE3), que subiam pela manhã, amenizaram os ganhos. O dólar, por sua vez, era negociado a R$ 4,90, com queda de 0,57%.

No exterior, o sentimento é de cautela, com investidores analisando dados da economia dos Estados Unidos em busca de pistas sobre a trajetória dos juros no país.

LEIA +
Bitcoin supera marca dos US$ 44.000 em maior sequência de ganhos desde maio

Ontem (5), o dado do JOLTS mostrou uma criação de vagas bem aquém do esperado, destacando o arrefecimento gradual no mercado de trabalho, algo que pode ajudar o Federal Reserve (Fed) a cortar os juros. A visão de fim do ciclo de alta das taxas também é corroborada por falas mais dovish (favoráveis a juros mais baixos) de membros do Federal Reserve.

PUBLICIDADE

Mais cedo nesta quarta, dados de emprego do setor privado mostraram a criação de 103 mil novas vagas em novembro nos EUA, de acordo com o Relatório Nacional de Emprego ADP, produzido pelo ADP Research Institute.

O resultado veio abaixo do esperado, mostrando uma desaceleração no mercado de trabalho. Mediana de estimativas em pesquisa da Bloomberg com economistas apontava para a criação de 130.000 vagas no período. Investidores aguardam agora os dados do payroll que saem na sexta-feira (8).

Na cena doméstica, destaque para os projetos da subvenção do ICMS e da privatização da Sabesp, ambos com votação prevista para hoje.

PUBLICIDADE

Desempenho

No pregão de ontem (5), o Ibovespa fechou no azul, com leve alta de 0,08%, aos 126.903 pontos. O volume das negociações ficou em R$ 1.196.034.300.

As ações com as maiores altas foram: Pão de Açúcar (PCAR3), com +12,32%; CVC Brasil (CVCB3), com +7,81%; Magazine Luiza (MGLU3), com +7,00%.

As de maior queda foram: Marfrig Global Foods (MRFG3), com -4,03%; BRF SA (BRFS3), com -4,10%; Vibra Energia (VBBR3), com -5,26%.

No ano, o Ibovespa acumulava alta de 16,05% até o pregão anterior.

-- Atualização das cotações às 13h50 (horário de Brasília)

-- Conteúdo elaborado com auxílio de dados automatizados da Bloomberg.

Leia também:

PUBLICIDADE

BTG Pactual dobra a aposta em estratégia para avançar em venture capital

Gol caminha para nova reestruturação e S&P corta nota de crédito

Mariana d'Ávila

Editora assistente na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero, especializada em investimentos e finanças pessoais e com passagem pela redação do InfoMoney.