Ações pausam rali após impulso de Nvidia: os eventos que movem os mercados

Fabricante de chips teve um aumento de US$ 277 bi em seu valor de mercado na quinta (22); falas de membros do Fed também estão no radar

Estes são os eventos que orientam os investidores e movem os mercados hoje
23 de Fevereiro, 2024 | 07:15 AM

Bloomberg Línea — As ações estão encerrando a semana de forma mais tranquila nesta sexta-feira (23), enquanto os investidores avaliam a perspectiva para os mercados acionários após os índices dos Estados Unidos, Europa e Japão atingirem máximas históricas depois dos fortes resultados da fabricante de chips Nvidia.

Assine a newsletter matinal Breakfast, uma seleção da Bloomberg Línea com os temas de destaque em negócios e finanças no Brasil e no mundo.

🚀 Nvidia dispara. O aumento de US$ 277 bilhões no valor de mercado da Nvidia na quinta-feira foi o maior já registrado em uma única sessão — superando um recente ganho de US$ 197 bilhões pela Meta. A questão é se o rali de tecnologia pode ser sustentado e ampliado para outros setores, mesmo com as apostas em cortes nas taxas do Federal Reserve diminuindo, em meio a dados que mostram que a maior economia do mundo ainda está resiliente.

🇺🇸 ‘Paciência com juros’. Funcionários de alto escalão do Federal Reserve reforçaram a mensagem na quinta-feira de que o banco central dos EUA ainda está planejando reduzir os juros este ano — apenas não em breve. Philip Jefferson e Lisa Cook disseram que estão otimistas de que a inflação ainda está se acalmando, apesar de um soluço em janeiro, mas deixaram claro que desejam mais provas de que está voltando à meta de 2% antes de reduzir as taxas.

PUBLICIDADE

🛢️ Commodities em queda. Entre as commodities, o petróleo recua enquanto os investidores avaliam sinais de um mercado mais restrito em meio a preocupações persistentes em torno da demanda. Já o minério de ferro caminha para a maior queda semanal em quase um ano devido a preocupações de que a demanda chinesa por aço possa decepcionar.

💰 Dividendos da Vale. A Vale divulgou seu balanço do quarto trimestre na noite de quinta-feira, e anunciou o pagamento, em março de 2024, de dividendos no valor de US$ 2,4 bilhões, equivalente a R$ 2,73 por ação.

(Com informações de Bloomberg News)

🗓️ AGENDA: Os eventos e indicadores em destaque hoje e na semana →

Breakfast 23/02/24dfd
🔘 As bolsas ontem (22/02): Dow Jones Industrials (+1,18%), S&P 500 (+2,11%), Nasdaq Composite (+2,96%), Stoxx 600 (+0,18%), Ibovespa (+0,16%)
Mariana d'Ávila

Editora assistente na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero, especializada em investimentos e finanças pessoais e com passagem pela redação do InfoMoney.