As ações mais recomendadas para fevereiro, segundo 14 bancos e corretoras

Levantamento da Bloomberg Línea com carteiras recomendadas destaca blue chips e papéis com exposição à economia doméstica; confira as principais recomendações

A Sabesp facility in Sao Paulo, Brazil.
07 de Fevereiro, 2024 | 05:05 AM

Bloomberg Línea — A percepção ao longo de janeiro de que o ciclo de cortes de juros nos Estados Unidos pode não mais ocorrer mais a partir de março, como se esperava, contribuiu para um reposicionamento da carteira e levou à queda de quase 5% do Ibovespa (IBOV) no último mês.

Com um cenário externo mais volátil, muito dependente de dados da economia americana, analistas voltam suas atenções na bolsa brasileira para empresas domésticas, que possam se beneficiar da trajetória em curso de redução da Selic.

Após o corte de 0,50 ponto percentual na última quarta-feira (31), que levou a taxa básica a 11,25% ao ano, o Banco Central reiterou a expectativa de novos cortes de mesma magnitude nas próximas reuniões. O relatório Focus mais recente estima Selic de 9% ao ano em dezembro.

LEIA +
Conselho da Vale é orientado a considerar candidatos externos na busca por CEO

Levantamento da Bloomberg Línea com 14 bancos e corretoras segue com as blue chips Vale (VALE3) e Petrobras (PETR4) no topo das recomendações, mas traz também nomes com maior exposição à economia local, como Localiza (RENT3), Vivara (VIVA3), Iguatemi (IGTI11) e Assaí (ASAI3).

PUBLICIDADE

Entre as novidades no grupo compilado para este mês está a Sabesp (SBSP3), com cinco menções. Segundo a Santander Corretora, a potencial privatização em curso transformará a companhia “em uma história de investimento ainda mais atraente e a colocará entre as poucas ações com forte potencial de valorização nos próximos anos”.

“Outro detalhe importante é que a Sabesp continua ineficiente, a nosso ver; assim, se o governo [paulista] decidir atingir ganhos de eficiência, o risco de downside no caso de a privatização não se concretizar seria menor. Portanto, vemos a Sabesp entre as melhores assimetrias em nosso universo de cobertura do setor de Energia Elétrica & Saneamento Básico”, escreveram os analistas em relatório.

A visão é compartilhada por analistas da Ativa Investimentos, que aumentaram em fevereiro a participação da Sabesp na carteira com a avaliação de que ainda há “bastante espaço” para valorização com o avanço do processo de privatização.

PUBLICIDADE

A carteira compilada pela Bloomberg Línea reúne as recomendações de 14 corretoras ou bancos de investimento: Ágora Investimentos, Ativa Investimentos, BB Investimentos, BTG Pactual, CM Capital, Empiricus Research, Genial Investimentos, Guide Investimentos, Nova Futura, Órama Investimentos, RB Investimentos, Santander Corretora, Warren e XP Investimentos e é composta pelas ações com mais menções. A carteira é formada por 10 nomes ou mais, em caso de empate.

Confira as recomendações de cada corretora consultada para fevereiro:

Ágora Investimentos

  • Carrefour (CRFB3)
  • Copel (CPLE6)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • JBS (JBSS3)
  • Localiza (RENT3)
  • Petrobras PN (PETR4)
  • Sabesp (SBSP3)
  • Vale (VALE3)
  • Vivara (VIVA3)
  • WEG (WEGE3)

Ativa Investimentos

  • Vale (VALE3)
  • Petrobras PN (PETR4)
  • Bradesco (BBDC4)
  • Banco do Brasil (BBAS3)
  • Mercado Livre (MELI34)
  • Copel (CPLE6)
  • Sabesp (SBSP3)
  • Tim (TIMS3)
  • Hapvida (HAPV3)
  • XP Inc. (XPBR31)
  • Lojas Renner (LREN3)
  • Yduqs (YDUQ3)
  • Assaí (ASAI3)
  • Petrorio (PRIO3)
  • Suzano (SUZB3)

BB Investimentos

  • BTG Pactual (BPAC11)
  • Caixa Seguridade (CXSE3)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • Klabin (KLBN11)
  • Multiplan (MULT3)
  • Petrobras PN (PETR4)
  • Raia Drogasil (RADL3)
  • Isa Cteep (TRPL4)
  • Vale (VALE3)
  • WEG (WEGE3)

BTG Pactual

  • Petrobras (PETR4)
  • Mercado Livre (MELI34)
  • Vale (VALE3)
  • Banco do Brasil (BBAS3)
  • Localiza (RENT3)
  • Equatorial (EQTL3)
  • Cosan (CSAN3)
  • Nubank (ROXO34)
  • Cyrela (CYRE3)
  • Vivara (VIVA3)

CM Capital

  • Camil (CAML3)
  • Sabesp (SBSP3)
  • Petrobras PN (PETR4)
  • Embraer (EMBR3)
  • BB Seguridade (BBSE3)

Empiricus Research

  • Cosan (CSAN3)
  • Equatorial (EQTL3)
  • Localiza (RENT3)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • Iguatemi (IGTI11)
  • Arezzo (ARZZ3)
  • BR Partners (BRBI11)
  • Direcional (DIRR3)
  • 3R Petroleum (RRRP3)
  • Grupo SBF (SBFG3)

Genial Investimentos

  • Assaí (ASAI3)
  • Energisa (ENGI11)
  • Hapvida (HAPV3)
  • Mater Dei (MATD3)
  • Raízen (RAIZ4)
  • Irani (RANI3)
  • 3R Petroleum (RRRP3)
  • Unipar (UNIP6)
  • Vale (VALE3)
  • Yduqs (YDUQ3)

Guide Investimentos

  • Allos (ALOS3)
  • Assaí (ASAI3)
  • BTG Pactual (BPAC11)
  • BRF (BRFS3)
  • Cosan (CSAN3)
  • Ecorodovias (ECOR3)
  • Rede D’Or (RDOR3)
  • Grupo SBF (SBFG3)
  • Totvs (TOTS3)
  • Vale (VALE3)

Nova Futura

  • BB Seguridade (BBSE3)
  • BTG Pactual (BPAC11)
  • Cyrela (CYRE3)
  • Embraer (EMBR3)
  • Equatorial (EQTL3)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • Lojas Renner (LREN3)
  • Petrobras PN (PETR4)
  • Vale (VALE3)
  • Vibra Energia (VBBR3)

Órama Investimentos

  • Iguatemi (IGTI11)
  • Vibra (VBBR3)
  • Vale (VALE3)
  • Vivara (VIVA3)
  • Assaí (ASAI3)

RB Investimentos

  • Smartfit (SMFT3)
  • Plano & Plano Desenvolvimento (PLPL3)
  • Allos (ALSO3)
  • BTG Pactual (BPAC11)
  • Localiza (RENT3)
  • Embraer (EMBR3)
  • Suzano (SUZB3)
  • Iguatemi (IGTI11)
  • Vale (VALE3)
  • Raia Drogasil (RADL3)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • Equatorial (EQTL3)
  • Fleury (FLRY3)
  • PRIO (PRIO3)
  • Track & Field (TFCO4)
  • Direcional (DIRR3)
  • Priner (PRNR3)

Santander Corretora

  • Banco do Brasil (BBAS3)
  • Cyrela (CYRE3)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • Localiza (RENT3)
  • Petrobras ON (PETR3)
  • Rumo (RAIL3)
  • Sabesp (SBSP3)
  • Totvs (TOTS3)
  • Ultrapar (UGPA3)
  • Vale (VALE3)
  • Vivara (VIVA3)

Warren

  • WEG (WEGE3)
  • Petrorio (PRIO3)
  • Armac (ARML3)
  • Vamos (VAMO3)
  • Suzano (SUZB3)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • JBS (JBSS3)
  • Lojas Renner (LREN3)
  • Engie (EGIE3)
  • Copel (CPLE6)
  • BR Advisory Partners (BRBI11)
  • Banco ABC Brasil (ABCB4)
  • Equatorial (EQTL3)
  • Petroreconcavo (RECV3)
  • BB Seguridade (BBSE3)

XP Investimentos*

  • Smartfit (SMFT3)
  • Vivara (VIVA3)
  • Iguatemi (IGTI11)
  • Equatorial (EQTL3)

*Divulgação parcial da carteira por solicitação da casa.

Leia também

Como ficam as ‘juniors oils’ com a suspensão da venda de ativos pela Petrobras

‘Não sacrificamos o investimento para garantir corte de custos’, diz CFO do Itaú

BTG Pactual aponta que pode entregar rentabilidade superior à de 2023, diz CFO

Mariana d'Ávila

Editora assistente na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero, especializada em investimentos e finanças pessoais e com passagem pela redação do InfoMoney.