Mais um fator de risco no radar

Também no Breakfast: Mercados voláteis ante panorama incerto com tensão EUA-China; Wise sobe taxas para remessas e As ações mais recomendadas pelos analistas para investir em agosto

Tempo de leitura: 4 minutos

Bloomberg Línea — Bom dia! Este é o Breakfast - o seu primeiro gole de notícias. Uma seleção da Bloomberg Línea com os temas de destaque no mundo dos negócios e das finanças.

Como se não bastassem os riscos já precificados pelos mercados, a terça-feira (2) agravou as preocupações: a visita da presidente da Câmara dos Estados Unidos a Taiwan pode gerar um novo conflito militar.

PUBLICIDADE

Nancy Pelosi tornou-se a política americana de mais alto escalão a visitar Taiwan em 25 anos. A China, em resposta, condenou a visita e anunciou exercícios militares em diferentes áreas ao redor da ilha principal de Taiwan de 4 a 7 de agosto.

Pelosi cumprimentou autoridades taiwanesas, incluindo o ministro das Relações Exteriores, Joseph Wu, na pista, onde posou para fotos. Em um comunicado, ela disse que sua visita “de forma alguma contradiz a política de longa data dos Estados Unidos” e que os EUA “continuam a se opor aos esforços unilaterais para mudar o status quo”.

Pelosi visitará o parlamento de Taiwan na manhã de hoje, almoçará com a presidente Tsai Ing-wen e também se reunirá com ativistas da democracia, segundo a imprensa local.

Leia também: E agora? Como a China pode revidar a visita de Pelosi em Taiwan

Pelosi visitará o parlamento de Taiwan, almoçará com a presidente Tsai Ing-wen e também se reunirá com ativistas da democracia, segundo a imprensa localdfd

Na trilha dos Mercados

O mercado tem um novo elemento de tensão e incerteza no horizonte. A visita de Nancy Pelosi, presidente da Câmara norte-americana a Taiwan, criou um atrito entre Estados Unidos e China que poderia culminar em um conflito militar. Como retaliação, a China está impondo a Taiwan algumas sanções comerciais: suspendeu exportações de areia natural para a ilha e algumas importações de peixes e frutas.

🧗🏼‍♂️ Tentativa. Após dois dias de queda das bolsas, os investidores de futuros de índices nos EUA chegaram, no começo da manhã, a comprar timidamente. Mas embora os receios de uma deterioração aguda dos laços EUA-China pareçam ter esfriado frente à reação de ontem das bolsas, o humor do mercado permanece frágil e as cotações, voláteis.

🛢️ Oferta futura. Em um momento de grande volatilidade nos preços do petróleo, hoje os investidores estarão de olho no desfecho da reunião de hoje da OPEP, que define sua política de produção para setembro. Especialistas deste mercado vêem pouca probabilidade de que o cartel responda ao chamado do presidente dos EUA, Joe Biden, para aumentar a oferta de petróleo.

🔙 Teoria cai por terra. Quando o mercado dava como certo que a própria desaceleração econômica daria cabo da inflação, liberando o Federal Reserve (Fed) de novas subidas fortes dos juros, alguns membros da autoridade monetária vieram a público para desmontar esta teoria. Um deles foi a presidente do Fed de São Francisco, Mary Daly, segundo quem os integrantes do Fed estão unidos no esforço de debelar a inflação. Loretta Mester, de Cleveland, disse que precisa ver “provas muito convincentes” de que os aumentos de preços mês a mês estão moderados.

Mais detalhes no Radar dos Mercados

Um panorama dos mercados no começo da manhãdfd
🟢 As bolsas ontem: Dow Jones Industrials (-1,23%), S&P 500 (-0,67%), Nasdaq Composite (-0,16%), Stoxx 600 (-0,32%), Ibovespa (+1,11%)

Pesou sobre os mercados o aumento das tensões entre os Estados Unidos e a China. A presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, desembarcou em Taiwan nesta terça e tornou-se a política americana de mais alto escalão a visitar o local em 25 anos. A China, em resposta, condenou a visita e anunciou exercícios militares em diferentes áreas ao redor da ilha principal de Taiwan. Os investidores também repercutiram o comentário da presidente do Fed de São Francisco, Mary Daly, segundo quem o Fed não está “nem perto” de terminar seus esforços para conter a inflação.

Saiba mais sobre o vaivém dos Mercados e se inscreva no After Hours, a newsletter vespertina da Bloomberg Línea com o resumo do fechamento dos mercados.

No radar

Esta é a agenda prevista para hoje:

Indicadores PMI: EUA, Zona do Euro, Alemanha, França, Reino Unido, Itália, Espanha, Brasil

EUA: Encomendas à Indústria, Pedidos de Bens Duráveis/Jun, Atividade Empresarial Não Manufatureira ISM, Reunião da OPEP+, Pedidos de Hipotecas MBA, Atividade das Refinarias de Petróleo - EIA

Europa: Zona do Euro (IPP/Jun, Vendas no Varejo/Jun); Alemanha (Balança Comercial/Jun); Itália (Vendas no Varejo/Jun)

Bancos centrais: Decisão de política monetária do Brasil (18h). Pronunciamentos de James Bullard, Patrick Harker e Thomas Barkin, do Fed

Balanços do dia: AXA, Maersk, CVS Health, Just Eat, Regeneron, Nintendo, BMW, Vonovia, Moderna, Booking, Fortinet, eBay, Telecom Italia e Robinhood

📌 Para a semana:

Quinta-feira: Decisão de política monetária do Bank of England (BoE). EUA: Pedidos Iniciais de Seguro-Desemprego. A presidente do Cleveland Fed, Loretta Mester, deve se pronunciar

Sexta-feira: Relatório de Emprego dos EUA/Jul

Destaques da Bloomberg Línea

Fintech argentina chega ao Brasil e foca em rentabilidade

Robinhood demite 23% em seu primeiro ano como empresa de capital aberto

Como a Movida dobrou de tamanho apesar dos juros e dos gargalos do setor

Wise anuncia aumento de taxas para remessas e cita mercados mais voláteis

E mais na versão e-mail do Breakfast:

• Também é importante: • As ações mais recomendadas pelos analistas para investir em agosto • Gympass fortalece setor de bem-estar em preparação para IPO • TIM Brasil amplia receita com serviço móvel e faz nova oferta por roaming • Alta da Selic em 0,50 ponto é quase unânime. Resta saber o que vem depois

• Opinião Bloomberg: O que virá depois da inflação?

• Pra não ficar de fora: Spotify entra na onda da Netflix e adicionará nova função para assinantes premium

⇒ Essa foi uma amostra do Breakfast, que na versão completa inclui muitas outras notícias de destaque do Brasil e do mundo.

Para receber a íntegra da newsletter na sua caixa de email, registre-se gratuitamente no nosso site.

Por hoje é só. Bom dia!

Obrigado por ler nossa newsletter matinal.

Edição: Michelly Teixeira | News Editor, Europe