Mercados

Ibovespa segue bolsas americanas e sobe com otimismo sobre balanços

Vale, que divulga relatório de produção hoje, Petrobras e Itaú eram as maiores contribuições para o avanço do índice

A Vale deve divulgar hoje produção de 76,9 milhões de toneladas no segundo trimestre, segundo estimativa média da Bloomberg News
19 de Julho, 2022 | 01:16 pm
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg Línea — O Ibovespa (IBOV) mantém a trajetória de alta no início da tarde desta terça (19), seguindo o tom otimista dos mercados externos, com os investidores avaliando as perspectivas de ganhos corporativos e de crescimento global em meio à crescente crise de energia na Europa.

Vale (VALE3), Petrobras (PETR4) e Itaú (ITUB4) eram as maiores contribuições para o avanço do índice. A mineradora divulga hoje relatório de produção e vendas referente ao segundo trimestre após o fechamento dos mercados. A Petrobras publica relatório na quinta-feira (21).

A mineradora brasileira - cuja recuperação de um desastre de barragem em 2019 é um importante fator no lado da oferta do minério de ferro - deve divulgar uma produção de 76,9 milhões de toneladas no segundo trimestre, segundo a estimativa média de sete analistas acompanhados pela Bloomberg. Isso se compara a 63,9 milhões em um primeiro trimestre afetado por chuvas e 75,7 milhões um ano atrás.

Um número muito acima do esperado representaria mais dor de cabeça para quem aposta na alta do minério de ferro, enquanto uma decepção considerável poderia ajudar a sustentar os preços. Mas o mais importante pode ser se a Vale consegue ou não atingir sua meta anual de produção da matéria-prima do aço entre 320 e 335 milhões de toneladas.

PUBLICIDADE

Confira o desempenho dos mercados nesta terça-feira (19):

  • Por volta das 13h00 (horário de Brasília), o Ibovespa (IBOV) subia 0,69%, aos 97.584 pontos;
  • O dólar à vista recuava 0,79%, a R$ 5,39;
  • Nos EUA, o Dow Jones subia 1,55%, o S&P 500, 1,87% e o Nasdaq, 2,19%

Contexto global

Com o potencial de decepções de ganhos nos mercados, quaisquer surpresas de alta nos balanços podem levar a ganhos descomunais nas ações. Os investidores permanecem em alerta máximo para sinais de que a inflação alta e o aperto monetário estão pressionando os consumidores e o emprego. Segundo pesquisa mensal mais recente de gestores de fundos feita pelo Bank of America, o investimento em ações caiu para níveis vistos pela última vez em outubro de 2008 dado o cenário macro atual.

Enquanto isso, o euro subiu para seu nível mais alto em cerca de duas semanas depois que a Bloomberg News informou que o Banco Central Europeu pode considerar aumentar as taxas de juros nesta quinta-feira (21) em meio ponto percentual, acima do previsto anteriormente para combater o agravamento da inflação.

O BCE está sob pressão para conter a inflação, mas um possível fechamento do gás russo pode levar a Europa à recessão. A União Europeia está se preparando para dizer aos membros que cortem o consumo de gás “imediatamente” para preservar os suprimentos para o inverno, de acordo com um relatório.

PUBLICIDADE

-- Com informações da Bloomberg News

Leia também:

Gestores reduzem projeções para Ibovespa e veem dólar mais forte no fim do ano

Kariny Leal

Kariny Leal

Jornalista carioca, formada pela UFRJ, especializada em cobertura econômica e em tempo real, com passagens pela Bloomberg News e Forbes Brasil. Kariny cobre o mercado financeiro e a economia brasileira para a Bloomberg Línea.

Mariana d'Ávila

Mariana d'Ávila

Redatora na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero, especializada em investimentos e finanças pessoais e com passagem pela redação do InfoMoney.

PUBLICIDADE