PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Ibovespa descola de NY no fim do pregão e fecha em alta; dólar sobe com exterior

After Hours: índice foi pressionado ao longo da sessão pela queda das ações da Petrobras, após a troca no comando da companhia

After hours
24 de Maio, 2022 | 05:38 pm
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg Línea — Em uma sessão de grande volatilidade e de aversão ao risco nos mercados globais, o Ibovespa (IBOV), que operou em queda ao longo do dia, virou para alta nos últimos minutos do pregão e fechou esta terça-feira (24) com ganhos de 0,21%, aos 110.580 pontos.

PUBLICIDADE

Na mínima do dia, o principal índice de renda variável da Bolsa brasileira caiu 1,76%, pressionado pela queda das ações da Petrobras (PETR3; PETR4) após a troca no comando da companhia. As ações da petroleira encerraram o pregão em queda de 2,85% (ON) e 2,92% (PN), a R$ 34,40 e R$ 31,60, respectivamente.

As maiores baixas do Ibovespa, contudo, foram lideradas pelos papéis de CVC Brasil (CVCB3), que caíram 6,30%, de Azul (AZUL4), com baixa de 5,78%, e de Embraer (EMBR3), que tiveram queda de 5,61% na B3.

PUBLICIDADE

Já do lado dos ganhos, destaque para empresas como Petrorio (PRIO3), Equatorial (EQTL3) e 3R Petroleum (RRRP3), que subiram 3,90%, 3,56% e 3,39%, respectivamente.

Na agenda doméstica, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo -15 (IPCA-15), considerado uma prévia da inflação oficial, teve alta de 0,59% em maio, acima do esperado pelo mercado. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o índice acumula alta de 4,93% no ano e de 12,29% em 12 meses.

Já no exterior, o dia foi de perdas para os principais índices acionários, diante de dados econômicos ruins, balanços corporativos mostrando um cenário desafiador e em meio às preocupações com a alta da inflação e dos juros.

Confira como fecharam os mercados nesta terça-feira (24):

Fechamento 24 de maiodfd

Cena internacional

Na cena externa, o pregão foi de queda para Wall Street, após a Snap (SNAP) apontar para o cenário de alto risco macroeconômico, junto com a divulgação de seus resultados trimestrais. A empresa citou o ambiente desafiador para o setor de tecnologia, marcado pela alta da inflação e dos juros e disse que não deve atingir o resultado previsto para o segundo trimestre. Em Nova York, as ações da empresa de rede social afundaram 43%.

PUBLICIDADE

Na China, um aumento no número de novos casos de covid-19 reacendem o risco de novos lockdowns na região, antes mesmo de a economia reabrir como um todo. Já na Europa, o crescimento dos setores de serviços e industrial desapontou segundo a leitura da prévia do índice PMI de maio.

Leia também:

Restituição do Imposto de Renda 2022: confira o calendário completo

O CEO de 23 anos que tem startup unicórnio avaliada em US$ 1 bilhão

Mariana d'Ávila

Mariana d'Ávila

Redatora na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero, especializada em investimentos e finanças pessoais e com passagem pela redação do InfoMoney.