PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Brasil

AGORA: Prévia da inflação de maio desacelera com menor pressão da energia elétrica

Segundo divulgação do IBGE nesta terça (24), o indicador acumula alta de 4,93% no ano e, em 12 meses, de 12,29%

O IPCA-15, prévia da inflação oficial, teve alta de 0,59% em maio, recuando em relação aos 0,95% registrados no mês anterior com menor impacto dos preços da energia elétrica.
24 de Maio, 2022 | 09:06 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg Línea — --Corrige valor do IPCA-15 no primeiro parágrafo

O IPCA-15, prévia da inflação oficial, teve alta de 0,59% em maio, recuando em relação aos 0,95% registrados no mês anterior com menor impacto dos preços da energia elétrica.

Conforme divulgação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (24), nos últimos 12 meses, o indicador acumula alta de 12,29% e de 4,93% no ano.

Veja mais: Ucrânia quer declarar estado de emergência nacional

PUBLICIDADE

Serviços de saúde

Segundo o instituto, a maior alta no resultado veio de Saúde e cuidados pessoais (2,19%), que contribuiu com 0,27 p.p. no índice de maio. O item de maior influência no grupo e no IPCA-15 de maio foi produtos farmacêuticos, com aumento de 5,24% nos preços, registrado após o reajuste de até 10,89% autorizado pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED).

  • Já o maior impacto positivo foi do grupo dos Transportes, que registrou alta de 1,80%. O resultado apresenta desaceleração em relação a abril (3,43%).
  • A maior contribuição (0,09 p.p.) para o grupo veio do item passagens aéreas (18,40%), cujos preços subiram pelo segundo mês consecutivo (em abril, a alta foi de 9,43%).

Inflação nas principais cidades

Quanto às regiões, todas as áreas pesquisadas no IPCA-15 de maio apresentaram alta, sendo a maior variação em Fortaleza (1,29%), explicada pelos itens de higiene pessoal (3,59%) e pelo reajuste de 24,23% nas tarifas de energia elétrica (-2,18%), que ocasionou uma redução menor no subitem que a observada em outras áreas.

Leia também

Anitta é primeira brasileira a ter a música mais tocada do mundo no Spotify

Ana Siedschlag

Ana Carolina Siedschlag

Editora na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero e especializada em finanças e investimentos. Passou pelas redações da Forbes Brasil, Bloomberg Brasil e Investing.com.