PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Negócios

Ebanx adia IPO nos EUA devido às condições de mercado: Fontes

No ano passado, os planos eram buscar uma avaliação de mais de US$ 10 bilhões, disseram pessoas em outubro

Fundado em 2012, o Ebanx ajuda empresas como Spotify, Uber e Amazon.com a receberem pagamentos na América Latina
Por Cristiane Lucchesi
04 de Fevereiro, 2022 | 02:24 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — O Ebanx, empresa brasileira de tecnologia financeira que tem o Advent International como acionista, adiou sua oferta pública inicial de ações nos Estados Unidos, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto.

A empresa, que entrou com um requerimento formal no ano passado para realizar a transação, não pretende sair com a oferta no primeiro semestre do ano como inicialmente esperado, disseram as pessoas, pedindo para não serem identificadas porque o assunto não é público. No ano passado, os planos eram buscar uma avaliação de mais de US$ 10 bilhões, disseram pessoas em outubro.

Em resposta à Bloomberg, o Ebanx disse que, “alinhado com os ótimos resultados registrados no último ano, segue atento ao melhor momento de mercado para uma eventual abertura de capital.” A empresa disse ainda que cresceu mais de 110% em volume processado em 2021, e continuará expandindo sua atuação.

Fundado em 2012, o Ebanx ajuda empresas como Spotify, Uber e Amazon.com a receberem pagamentos na América Latina. A empresa está preparando um IPO para ajudar a expandir suas soluções de processamento de pagamentos pela região, disse o presidente e co-fundador João Del Valle à Bloomberg News em maio.

PUBLICIDADE

O Advent, empresa de private equity sediada em Boston, investiu US$ 430 milhões no Ebanx em 2021, de acordo com um comunicado divulgado em junho. Outros acionistas incluem a FTV Capital.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

Comprador de soja brasileira mira EUA após quebra de safra

Apostas em emergentes dependem de achatamento de curva nos EUA