Mercados

Maior banco escandinavo alerta para alta de inflação e juros

Nordea Bank alerta que os mercados do mundo inteiro precisam se preparar para uma época de aumento de juros

Nordea não sinalizou qualquer ação específica de reação à inflação, enaltecendo a qualidade de sua carteira de crédito
Por Kati Pohjanpalo
03 de Fevereiro, 2022 | 02:58 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — Os preços mais altos vieram para ficar e a sociedade precisa começar a se preparar para uma época de aumentos de juros, alertou o CEO do maior banco da Escandinávia.

“Veremos inflação elevada por um tempo”, afirmou Frank Vang-Jensen, do Nordea Bank, em entrevista à TV Bloomberg nesta quinta-feira. “Provavelmente cairá um pouco nos próximos anos, mas ficará em nível mais alto do que antes da pandemia.”

Na Noruega, o banco central já entrou em trajetória de aperto das taxas, elevando o juro básico em setembro e sinalizando outro acréscimo em março. O Nordea trabalha com a hipótese de que os juros começarão a subir em outros mercados importantes para a instituição -- Suécia, Dinamarca e Finlândia, esta última integrante do euro -- “no final de seu período de estratégia”, que vai até 2025, segundo informado pelo diretor financeiro, Ian Smith, durante conferência com analistas.

"Veremos inflação elevada por um tempo”, afirmou Frank Vang-Jensen, do Nordea Bank, em entrevista à TV Bloomberg nesta quinta-feira.dfd

O Nordea não sinalizou qualquer ação específica de reação à inflação, enaltecendo a qualidade de sua carteira de crédito. A instituição mantém intacto um colchão de liquidez discricionário de 610 milhões de euros (US$ 690 milhões) em caso de perdas. Na Holanda, o ING Groep informou na quinta-feira que montou uma reserva maior do que o esperado para cobrir o custo de empréstimos de recebimento duvidoso em um momento em que a inflação se apresenta como um novo risco.

PUBLICIDADE

“A inflação está claramente subindo na Zona do Euro e também vemos isso nos países nórdicos”, disse Vang-Jensen. “Como sociedade, precisamos nos preparar para juros mais altos na Europa.”

A instituição divulgou nesta quinta-feira lucro acima do esperado para o quarto trimestre e novas metas financeiras para aumentar sua lucratividade e eficiência.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

PUBLICIDADE

Alta de juro do BCE não está descartada após fala de Lagarde

Preço do aluguel explode em janeiro; veja bairros mais caros em SP e Rio

PUBLICIDADE