PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Negócios

Follow-on de Braskem e BR Partners; Oi com acionistas: Radar SA

Petrobras e Novonor querem vender até 154,9 milhões de ações preferenciais que detêm na Braskem e oferta pode levantar mais de R$ 8 bi

Oi reúne acionistas em AGE para reorganizar ativos na quinta-feira (27)
Por Taís Fuoco e Vinícius Andrade
21 de Janeiro, 2022 | 05:09 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — Petrobras e Novonor querem vender até 154,9 milhões de ações preferenciais que detêm na Braskem. A oferta pode levantar mais de R$ 8 bilhões e o fim do bookbuilding, com a definição do preço das ações, está marcado para a próxima quinta-feira (27). A Novonor disse que usará parte dos recursos para pagar dívidas com os credores Bradesco, Itaú e Santander.

A semana

  • 24/janeiro: Nada previsto até o momento
  • 25/janeiro: Definição de preço de unit da BR Partners em oferta subsequente
  • 26/janeiro: Nada previsto até o momento
  • 27/janeiro: Definição de preço em oferta secundária da Braskem
  • 27/janeiro: Oi reúne acionistas em AGE para reorganizar ativos
  • 28/janeiro: Nada previsto até o momento

Prepara oferta

A Equatorial prepara uma oferta subsequente que pode levantar até R$ 3,5 bilhões, segundo o Valor, que não revelou como obteve a informação. Os recursos devem ser usados principalmente para amortizar parte da aquisição da Echoenergia. A companhia admitiu que avalia essa possibilidade e que começou a engajar bancos.

PUBLICIDADE

Volta em grande estilo

Veja mais: BHP revive apetite por aquisições com maiores rivais na mira

A BHP Group, que passou mais de uma década sem fazer fusões e aquisições, se prepara para um retorno em grande estilo ao mundo das compras. A empresa expandiu o time especializado nessas transações e estuda a compra de rivais, como Freeport McMoran e Glencore, segundo fontes que falaram à Bloomberg sob anonimato. A divisão de metais básicos da Vale também estaria no radar.

Pode comprar mais

O Pátria Investimentos acertou a compra de 9 usinas hidrelétricas da britânica ContourGlobal no Brasil por R$ 1,73 bilhão e conseguiu exclusividade para adquirir outros ativos de geração de energia eólica do grupo. A ContourGlobal espera vender esses ativos no primeiro semestre deste ano.

PUBLICIDADE

Veja mais: Ataque da Capitânia ao Pátria expõe ressaca dos fundos imobiliários

Veja mais em bloomberg.com

Leia também: Estou com covid, quando devo tomar a terceira dose?

PUBLICIDADE