Petrobras









Confiança que a demanda continuará crescendo em 2022, apesar de “leve” golpe provocado pela Omicron, deve motivar ajuste em reunião na próxima semana