PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Discurso tranquilizador de Powell devolve ações ao terreno positivo

Futuros de índices nos EUA e bolsas europeias voltam a subir; inflação nos EUA será destaque do dia, embora já esteja descontada nos preços dos ativos

As variáveis que orientarão os mercados
12 de Janeiro, 2022 | 08:32 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Barcelona, Espanha — Alta nas bolsas europeias e também entre os futuros de índices dos Estados Unidos, embora estes últimos já tenham tocado o terreno negativo no início desta manhã. A inflação norte-americana é o destaque do dia, embora um aumento do indicador no país já esteja descontado nos preços. Segundo estimativas dos economistas, o Índice de Preços ao Consumidor dos EUA deve subir em dezembro para 7,1%. Se confirmado, este seria o maior ritmo de crescimento em quase quatro décadas.

As mensagens de ontem do presidente do Fed, Jerome Powell, foram bem recebidas pelo mercado e seguem ecoando hoje. Num discurso cuidadoso, ele seguiu a toada de que o banco central não hesitará em agir, se necessário, para conter a inflação, o que significa elevar as taxas de juros, hoje próximas a zero. Pelo menos por agora, parece que as preocupações com a tática do Fed foram dissipadas - os traders poderão virar a página e balizar seus movimentos de compra e venda nos resultados financeiros das companhias.

Powell descreveu as medidas planejadas pelo Fed como um afastamento da política ultraexpansiva aplicada para lutar contra a pandemia, mas não a ponto de girá-la a um viés restritivo, capaz de esfriar a economia. Ele indicou, por exemplo, que o combate à escalada de preços não sacrificará a geração de empregos. Powell também observou que o Fed “provavelmente” começará a reduzir o seu balanço patrimonial de US$ 8,77 trilhões em 2022 logo após iniciar o aumento dos juros.

Entre os analistas, a mensagem que ecoou foi a de que o Fed não tomará nenhuma medida abrupta, inclusive no que se refere à compra de ativos para irrigar o mercado, o chamado tapering. Segundo o mandatário, ao longo deste ano a política do Fed apenas se aproximará do normal, embora, a partir do ponto em que nos encontramos agora, “exista um longo caminho até a normalidade”.

PUBLICIDADE

Leia também o Breakfast, uma newsletter da Bloomberg Línea: Preparados para um ‘boom’ em 2023?

Um panorama dos mercadosdfd

🟢 As bolsas ontem: Dow (+0,51%), S&P 500 (+0,92%), Nasdaq (+1,41%), Stoxx 600 (+0,84%), Ibovespa (+1,80%)

Na agenda

  • Índice de Preços ao Consumidor dos EUA
  • Relatório sobre os estoques de petróleo bruto da Administração de Informações de Energia (EIA) dos EUA
  • Livro Bege nos EUA
  • Balanço orçamentário federal (EUA)
  • Índice de Preços ao Consumidor e ao Produtor da China- Produção industrial na zona do euro (novembro)

Quarta-feira, 12

  • Índices de Preços ao Consumidor e ao Produtor da China- Índices de Preços ao Consumidor dos EUA
  • Relatório sobre os estoques de petróleo bruto da Administração de Informações de Energia (EIA) dos EUA

Quinta-feira, 13

  • Audiência do Comitê Bancário do Senado dos EUA com Lael Brainard, indicada como vice-presidente do Fed
  • Discursam os presidentes regionais do Fed Thomas Barkin (Richmond); Patrick Harker (Filadélfia); Charles Evans (Chicago)

Sexta-feira, 14

PUBLICIDADE
  • John Williams, presidente do Fed de Nova York, fala em evento
  • Decisão política do Banco da Coreia, briefing
  • Balanços 4º trimestre 2021: Wells Fargo, Citigroup, JPMorgan

Leia também:

Fed: Mercado vê quatro altas de juros apenas como o começo

Maior fortuna cripto do mundo começou com um jogo de pôquer amigável

JP Morgan, Citi e Deutsche veem alta de juros já em março nos EUA

-- Com informações de Bloomberg News

Michelly Teixeira

Michelly Teixeira

Jornalista com mais de 20 anos como editora e repórter. Em seus 12 anos de Espanha, trabalhou na Radio Nacional de España/RNE e colaborou com a agência REDD Intelligence. No Brasil, passou pelas redações do Valor, Agência Estado e Gazeta Mercantil. Tem um MBA em Finanças, é pós-graduada em Marketing e cursa um mestrado em Digital Business na Esade.