PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Ouro cai à espera de dados de inflação dos EUA

Contrato futuro era negociado abaixo de US$ 1.800 por cautela com indicações do avanço de preços no país

Preços do ouro são pressionados por inflação americana
Por Bloomberg News
14 de Setembro, 2021 | 09:27 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — O contrato futuro do ouro caía nesta terça-feira (14) em meio a rendimentos mais altos do Tesouro americano, enquanto investidores esperam pelos dados de inflação dos EUA, que podem influenciar quando o Federal Reserve começará a reduzir os estímulos da era da pandemia.

PUBLICIDADE

Os dados do índice de preços ao consumidor devem mostrar um ritmo anual de inflação de 5% ou mais pelo quarto mês consecutivo. Isso segue um relatório da semana passada que apontou que os preços ao produtor dos EUA subiram mais do que o previsto em agosto, uma vez que interrupções persistentes na cadeia de abastecimento aumentaram os custos.

  • O ouro está sendo negociado abaixo de US$ 1.800 a onça, já que os comerciantes avaliam os riscos da variante do vírus delta e da inflação elevada
  • Se os preços ao consumidor subirem mais do que o esperado, as expectativas de quando o Fed poderá começar a reduzir as compras de títulos pode mudar para novembro a partir de dezembro, de acordo com Edward Moya, analista de mercado sênior da Oanda Corp.

“Os preços do ouro estão se estabilizando enquanto os investidores aguardam o relatório de inflação de agosto, o que pode dar alguns sinais de que a inflação é transitória”, disse Moya em uma nota. “O choque da variante delta nas cadeias de abastecimento provavelmente mostrará alguma surpresa positiva” para os dados, que podem levar os preços do ouro para baixo.

PUBLICIDADE

--Com colaboração de Eddie Spence

Leia também

IPOs levam startups brasileiras a repensar processos, controles e governança

Mercados internacionais aguardam dados de inflação antes de fazerem suas apostas

Minério atinge menor cotação do ano com demanda mais fraca