Troca no comando da Petrobras, CPI nos EUA e os eventos que movem os mercados hoje

Em dia de dados-chave de inflação nos Estados Unidos, investidores monitoram a saída de Jean Paul Prates da Petrobras e balanços trimestrais

Estes são os eventos que orientam os investidores e movem os mercados hoje
15 de Maio, 2024 | 07:05 AM

Bloomberg Línea — As ações globais caminham para uma nova máxima depois de um rali liderado pelo setor de tecnologia em Wall Street, em meio ao otimismo de que os dados de inflação dos EUA desta quarta-feira (15) não minarão as apostas em cortes nas taxas de juros do Federal Reserve.

As ações europeias subiram e os futuros de ações dos EUA operavam estáveis, enquanto o índice MSCI All Country World estendeu sua sequência mais longa de ganhos desde janeiro.

Nos Estados Unidos, o S&P 500 avançou apesar dos sinais de Jerome Powell de que as taxas de juros serão mais altas por mais tempo e de um dado misto sobre a inflação ao produtor.

Assine a newsletter matinal Breakfast, uma seleção da Bloomberg Línea com os temas de destaque em negócios e finanças no Brasil e no mundo.

PUBLICIDADE

🛢️CEO da Petrobras. Um dia após reportar o balanço do 1º tri, a Petrobras informou ontem que recebeu do CEO da companhia, Jean Paul Prates, o pedido de “encerramento antecipado de seu mandato como presidente de forma negociada”. Os ADRs da petroleira negociados em Nova York caem mais de 6% antes da abertura dos mercados.

🇦🇷 Corte de juros. A Argentina reduziu sua taxa de juros pela sexta vez durante o mandato de Javier Milei, desta vez de 50% para 40%, já que o governo vê a inflação diminuindo enquanto encolhe o balanço do banco central.

📊 Balanço. A Nu Holdings, controladora do Nubank, reportou receita recorde no 1º tri de US$ 2,7 bilhões, ao mesmo tempo em que reconheceu que seu crescimento está acompanhado de uma taxa de inadimplência mais alta. O lucro líquido somou US$ 378,8 milhões, ante estimativa média de US$ 357,3 milhões em uma pesquisa da Bloomberg com analistas.

PUBLICIDADE

⛏️ Nova oferta. Os acionistas da BHP e da alvo de aquisição Anglo American esperam que a maior mineradora do mundo apresente uma terceira e aprimorada proposta antes do prazo regulatório da próxima semana, mesmo depois de a empresa menor ter apresentado um plano de reestruturação ousado na terça-feira.

(Com informações de Bloomberg News)

🗓️ AGENDA: Os eventos e indicadores em destaque hoje e na semana →

Breakfast 15-5-24dfd
🔘 As bolsas ontem (14/05): Dow Jones Industrials (+0,32%), S&P 500 (+0,48%), Nasdaq (+0,75%), Stoxx 600 (+0,15%), Ibovespa (+0,28%)
Mariana d'Ávila

Editora assistente na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero, especializada em investimentos e finanças pessoais e com passagem pela redação do InfoMoney.