Ibovespa recua com cautela externa antes de ata do Fomc; Vale e Petrobras avançam

Investidores aguardam hoje pela ata do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc), nos EUA, bem como pela divulgação de balanços trimestrais

Traders na New York Stock Exchange (NYSE) em Nova York
21 de Fevereiro, 2024 | 11:02 AM

Bloomberg Línea — O Ibovespa (IBOV) tem leve queda nesta quarta-feira (21), seguindo um sentimento de cautela global antes da divulgação da ata da última reunião de política monetária do Federal Reserve.

Os investidores buscam no documento, que será publicado às 16h (horário de Brasília), pistas sobre o rumo da trajetória dos juros nos Estados Unidos diante de dados robustos da economia e revisões constantes nas projeções para um início do corte de juros.

Antes da ata, três autoridades do Fed discursam: Raphael Bostic, Tom Barkin e Michelle Bowman.

Por volta das 11h (horário de Brasília), o principal índice da bolsa de valores brasileira caía 0,18% aos 129.683 pontos. Após forte queda na sessão anterior, ações das blue chips Vale (VALE3) e Petrobras (PETR3; PETR4) sobem nesta quarta. O dólar, por sua vez, operava de lado, a R$ 4,93.

PUBLICIDADE

Em Wall Street, os índices futuros sinalizam uma abertura em queda. O S&P 500 Futuro cedia 0,30%, enquanto o Nasdaq 100 Futuro recuava 0,60% no mesmo horário. Questionamentos sobre uma mudança de rumo do Fed, para alta dos juros, aumentam a aversão ao risco.

No âmbito corporativo, a fabricante de chips Nvidia, que surfou a febre da inteligência artificial, divulga seus números trimestrais hoje, após o fechamento dos mercados nos EUA.

A expectativa em Wall Street é por números robustos de receitas - impulsionadas pela frente de data center - e lucros para a empresa que é responsável por um terço do ganho acumulado do índice S&P 500 até o momento após mais do que triplicar em 2023.

PUBLICIDADE

Já no Brasil, investidores monitoram os números do quarto trimestre de empresas como WEG (WEGE3), Assaí (ASAI3) e Pão de Açúcar (PCAR3), enquanto se preparam para os resultados de B3 (B3SA3), Nubank (NU) e Vale (VALE3) amanhã (22).

As ações mais negociadas nesta manhã eram:

Desempenho

No pregão de ontem (20), o Ibovespa fechou no azul, com alta de 0,68%, aos 129.916 pontos. O volume das negociações ficou em R$ 1.223.700.100.

As ações com as maiores altas foram: Carrefour (CRFB3), com +11,16%; Petz (PETZ3), com +8,02%; Dexco (DXCO3), com +5,98%.

As de maior queda foram: Vale (VALE3), com -2,19%; CSN Mineração (CMIN3), com -2,37%; Magazine Luiza (MGLU3), com -3,35%.

No ano, o Ibovespa acumulava queda de 3,29% até o pregão anterior.

-- Conteúdo elaborado com auxílio de dados automatizados da Bloomberg.

PUBLICIDADE

Leia também:

PIB brasileiro surpreende, mas cresce sem avanço estrutural, aponta BNP Paribas

Mercado global de M&As tem início de ano aquecido e negócios somam US$ 425 bi

Mariana d'Ávila

Editora assistente na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero, especializada em investimentos e finanças pessoais e com passagem pela redação do InfoMoney.