Europa define juros, Tesla despenca e EUA divulgam PIB: os eventos que movem os mercados

Os mercados seguem atentos aos balanços, com Visa, LVMH, Intel e Blackstone entre os destaques; BCE define juros e os EUA divulgam a atividade econômica preliminar do 4T23

Estes são os eventos que orientam os investidores e movem os mercados hoje
25 de Janeiro, 2024 | 07:12 AM

Barcelona, Espanha — Dois elementos darão as cartas na sessão de hoje: a decisão sobre juros do Banco Central Europeu - e logicamente o tom das mensagem do BCE sobre o rumo das taxas - e o PIB preliminar dos Estados Unidos no quarto trimestre de 2023.

Os operadores já esperam um posicionamento enérgico do BCE para esfriar as expectativas otimistas sobre reduções no custo dos empréstimos em 2024. Com relação à atividade econômica norte-americana, muitos esperam uma surpresa positiva, de +2% no período, o que também poderia frear o ímpeto do Federal Reserve, cuja reunião de política monetária acontece na próxima semana, de baixar juros.

Assine a newsletter matinal Breakfast, uma seleção da Bloomberg Línea com os temas de destaque em negócios e finanças no Brasil e no mundo.

😶‍🌫️ Cenário incerto. A sul-coreana SK Hynix, segunda maior fabricante de chips de memória do mundo, retorna ao lucro operacional após um ano, com planos para atender a demanda de inteligência artificia (IA)l. Contudo, as previsões de vendas da STMicroelectronics para este trimestre não alcançam expectativas, lançando dúvidas sobre a recuperação iminente do setor.

📉 Tensão na Tesla. As ações (TSLA) chegaram a cair 8% no pré-mercado após a divulgação do balanço. A fabricante de veículos elétricos por pouco não cumpriu as estimativas de lucros e alertou sobre um crescimento “notavelmente menor” este ano. Elon Musk disse que a próxima “grande onda de crescimento” de sua empresa viria com um carro novo e de baixo custo no final de 2025. Mas os investidores não parecem dispostos a esperar.

PUBLICIDADE

🚗 Hyundai antevê desafios. Após um lucro do quarto trimestre abaixo das expectativas devido à valorização do won coreano, a Hyundai enfrenta incertezas. A fabricante prevê ventos contrários para 2024, incluindo uma desaceleração na economia real, que pode afetar a demanda por veículos movidos a gasolina e elétricos.

📈 O vaivém dos ativos. Os contratos futuros de índices dos EUA avançavam. Na Europa, as bolsas não tinham um rumo definido. No encerramento do mercado acionário da Ásia, a maioria das bolsas subiu. Os prêmios do título soberano dos EUA a 10 anos caíam. Os contratos de ouro subiam, assim como os do petróleo. O bitcoin hoje subia.

(Com informações de Bloomberg News)

🗓️ AGENDA: Os eventos e indicadores em destaque hoje e na semana →

Os mercados esta manhãdfd
🔘 As bolsas ontem (24/01): Dow Jones Industrials (-0,26%), S&P 500 (+0,08%), Nasdaq Composite (+0,36%), Stoxx 600 (+1,18%), Ibovespa (-0,35%)
Michelly Teixeira

Jornalista com mais de 20 anos como editora e repórter. Em seus 13 anos de Espanha, trabalhou na Radio Nacional de España/RNE e colaborou com a agência REDD Intelligence. No Brasil, passou pelas redações do Valor, Agência Estado e Gazeta Mercantil. Tem um MBA em Finanças, é pós-graduada em Marketing e fez um mestrado em Digital Business na ESADE.