Mercados

Ibovespa descola do exterior e fecha em alta com Petrobras e Magalu

After Hours: A varejista subiu mais de 14%, em sessão favorável a ações voltadas para o consumo doméstico após o BC elevar juros

BL-Newsletter-After-Hours-Banner
04 de Agosto, 2022 | 05:39 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg Línea — O Ibovespa (IBOV) descolou da sessão mista em Nova York e fechou em alta de mais de 2%, com impulso dos papéis de Petrobras e Magazine Luiza (MGLU3). A varejista subiu mais de 14%, em sessão favorável a ações voltadas para o consumo doméstico após o Banco Central elevar a taxa de juros do país para 13,75% ontem (3).

Já a petroleira anunciou nesta quinta uma redução de R$ 0,20 no valor do litro do diesel A vendido para as distribuidoras. A medida, que entra em vigor a partir de amanhã, reduz o preço médio do diesel da Petrobras de R$ 5,61 para R$ 5,41 por litro.

De acordo com a companhia, a redução acompanha a evolução dos preços de referência, que se estabilizaram em patamar inferior para o diesel, e “é coerente com a prática de preços da Petrobras, que busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado global, mas sem o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das cotações internacionais e da taxa de câmbio”.

Com o maior apetite por risco na sessão, o dólar recuou e rondava os R$ 5,22 perto do fechamento.

PUBLICIDADE

Enquanto isso, lá fora, as ações dos Estados Unidos tiveram pregão instável, com os operadores analisando balanços em um cenário de aumentos agressivos das taxas de juros pelos bancos centrais globais. A curva de rendimentos dos títulos dos EUA permaneceu invertida à medida que os temores de recessão persistiram.

O S&P 500 encerrou a sessão próximo à estabilidade após oscilar. O Nasdaq 100 fechou em alta pelo segundo dia consecutivo, também depois de um pregão instável.

Veja como fecharam os mercados nesta quinta-feira (4):

-- Com informações de Bloomberg News

PUBLICIDADE

Leia também

Com 26 anos, co-CEO de uma startup de US$ 12 bi conta como passou por 2 burnouts

Kariny Leal

Kariny Leal

Jornalista carioca, formada pela UFRJ, especializada em cobertura econômica e em tempo real, com passagens pela Bloomberg News e Forbes Brasil. Kariny cobre o mercado financeiro e a economia brasileira para a Bloomberg Línea.

PUBLICIDADE