Internacional

Isso é quanto você precisa para comprar o Coliseu

Construção da Roma antiga pode adicionar cerca de 1,4 bilhão de euros ao produto interno bruto da Itália a cada ano, segundo Deloitte

El Coliseo
Por Alberto Brambilla
25 de Julho, 2022 | 05:58 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — O Coliseu, o monumento mais icônico da Roma antiga, pode adicionar cerca de 1,4 bilhão de euros (US$ 1,4 bilhão) ao produto interno bruto da Itália a cada ano, mas seu valor é muito maior do que isso.

A Deloitte estima que o “valor do ativo social” do Coliseu, ou o valor intangível que os italianos atribuem à sua mera existência, é de cerca de 77 bilhões de euros (US$ 79 bilhões).

“Esse valor é percebido pela maioria dos italianos, e não apenas por quem o visita”, disse a consultoria em relatório publicado nesta segunda-feira (25).

Embora o cálculo da contribuição econômica do Anfiteatro Flaviano, como o Coliseu é oficialmente conhecido, seja bastante fácil – basta adicionar o valor direto dos ingressos vendidos a uma estimativa do impacto que seus visitantes têm em outros negócios – determinar seu valor é mais complicado.

PUBLICIDADE

A Deloitte elabora sua avaliação com base em uma pesquisa que pergunta às pessoas quanto estão dispostas a pagar para preservar um bem ou serviço, mesmo que “não façam uso direto dele, não possam se beneficiar nem mesmo indiretamente dele e não possam planejar qualquer uso futuro para si ou para outros.” Os cidadãos de Roma, em média, prometeram 90 euros cada, enquanto outros italianos afirmaram que pagariam 57 euros.

O Coliseu é o monumento mais visitado da Itália, atraindo cerca de 7 milhões de turistas em 2019. O Grupo Tod’s financiou uma restauração de 25 milhões de euros do monumento em 2011-2016.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também:

PUBLICIDADE

De trens a aviões: greves em diferentes setores ameaçam economia global

O que o índice Big Mac revela sobre o preço do dólar no Brasil

PUBLICIDADE