PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Brasil

Governo deve criar auxílio de R$ 1.000 para caminhoneiros e aumentar vale gás

Medidas ficariam fora do teto de gastos e teriam custo de R$ 9,5 bilhões, incluídos na PEC dos Combustíveis que tramita no Congresso

O auxílio a caminhoneiros e dobrar o vale gás custariam R$ 5 bilhões e são conversas em estágio mais avançado, segundo a Bloomberg News
21 de Junho, 2022 | 08:39 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg Línea — Membros do Governo e do Congresso estão em negociação para a criação de um auxílio de R$ 1.000 para caminhoneiros e de um aumento do vale gás para o dobro dos R$ 53 pagos atualmente, de acordo com a Bloomberg News citando pessoas com conhecimento do assunto. A quatro meses das eleições e na sequência de mais um aumento nos preços dos combustíveis, a possibilidade de gratuidade para idosos no transporte público e uma ajuda financeira às santas casas também são temas nas conversas.

PUBLICIDADE

As medidas ficariam fora do teto de gastos e teriam custo de R$ 9,5 bilhões, incluídos na Proposta de Emenda Constitucional (PEC) dos Combustíveis que tramita no Congresso. O auxílio a caminhoneiros e dobrar o vale gás custariam R$ 5 bilhões do total e estão em estágio mais avançado, segundo a Bloomberg News.

As negociações, que ainda estão em andamento, pedem em troca a suspensão de uma medida provisória (MP) para mudar a lei das estatais, disseram duas pessoas com conhecimento do assunto à Bloomberg News, que seria prejudicial para a imagem da Petrobras (PETR4; PETR3) e do governo junto ao mercado financeiro.

PUBLICIDADE

As informações sobre o auxílio a caminhoneiros e aumento do vale gás foram confirmadas por integrantes e técnicos do Planalto à Folha de S. Paulo. Os detalhes foram acertados hoje (21) em uma reunião entre o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, o presidente da Câmara, Arthur Lira, e do Senado, Rodrigo Pacheco, disse a Folha.

O ICMS dos combustíveis tornou-se assunto de interesse do presidente Jair Bolsonaro por causa da alta nos preços desses produtos e no peso que exercem sobre a inflação geral.

Pesquisas de intenção de voto para a eleição de outubro, que mostram o presidente em segundo lugar, também revelam que para os brasileiros, desde o ano passado, a inflação é o principal problema do país.

Leia também

Aceno ao mercado? Campanha de Lula vai propor alternativa ao teto de gastos

Kariny Leal

Kariny Leal

Jornalista carioca, formada pela UFRJ, especializada em cobertura econômica e em tempo real, com passagens pela Bloomberg News e Forbes Brasil. Kariny cobre o mercado financeiro e a economia brasileira para a Bloomberg Línea.