Internacional

Cinco coisas que você precisa saber para começar o dia

Rússia, Elon Musk e o Twitter e eleições na França foram os destaques internacionais do final de semana

As ações do Twitter caíam depois que Elon Musk surpreendentemente recusou uma oferta para ingressar no conselho da empresa
Por Heather Burke
11 de Abril, 2022 | 09:13 am
Tempo de leitura: 2 minutos

Bloomberg — A Rússia interromperá as vendas de títulos, enquanto a França se prepara para uma revanche eleitoral e o empresário Elon Musk recusa uma vaga no conselho do Twitter (TWTR).

Rússia interrompe venda de títulos

A Rússia interromperá as vendas de títulos pelo resto do ano e tomará medidas legais se as sanções a forçarem a dar calote em sua dívida, de acordo com o ministro das Finanças do país.

A Russian Railways foi declarada inadimplente por não pagar juros sobre um título no mês passado. Enquanto isso, o presidente dos EUA, Joe Biden, pressionará novamente a Índia a adotar uma postura mais dura sobre a guerra da Rússia na Ucrânia durante uma reunião virtual hoje.

A União Europeia instou os Estados membros a fornecer rapidamente a Kiev as armas solicitadas, enquanto o banco Société Générale anunciou que deixará a Rússia. O ministro das Relações Exteriores da Áustria, Karl Nehammer, disse que se reunirá com Vladimir Putin em Moscou nesta segunda-feira (11).

PUBLICIDADE

Revanche francesa

O presidente francês Emmanuel Macron enfrentará sua rival nacionalista Marine Le Pen no segundo turno das eleições francesas em 24 de abril, em uma repetição da eleição de 2017. Enquanto as pesquisas dão a Macron uma vantagem na fase final da campanha, Le Pen tem ganhando força e já somou mais de 10 pontos ao seu desempenho nas eleições de 2017. O euro estava se fortalecendo e os rendimentos dos títulos europeus subiam. Em outros lugares, o aumento implacável dos rendimentos do Tesouro se espalhou pelos mercados globais, com rendimentos reais próximos de zero ameaçando pesar sobre as ações.

Twitter cai

As ações do Twitter caíam depois que Elon Musk surpreendentemente recusou uma oferta para ingressar no conselho da empresa. A reversão abrupta acende novas especulações sobre as intenções de Musk para o Twitter, uma vez que ele revelou que havia adquirido uma participação de pouco mais de 9%. Musk não tem falta de ideias criativas para a plataforma de mídia social. Ele lançou a ideia de transformar a sede do Twitter em um abrigo para sem-teto, provocando um tweet de apoio do fundador da Amazon.com, Jeff Bezos, e na semana passada ele twittou uma pesquisa perguntando se deveria haver um botão de edição.

Ações em queda

As ações europeias caíam à medida que o mercado de títulos europeu mantinha a trajetória de queda. Os futuros do S&P 500 eram negociados com recuo de 0,5%, enquanto os contratos do Nasdaq 100 caíam quase 1% às 6h40, horário de Brasília.

As ações de tecnologia e produtos de consumo levaram o Stoxx 600 a cair 0,5%. Já o petróleo recuava, com os contratos do WTI em US$ 96 o barril. Os yields do Tesouro a dez anos estavam em 2,7477%. O ouro subia enquanto o bitcoin caiu cerca de 3% para negociar em torno do nível de US$ 41.000.

PUBLICIDADE

Também hoje...

É um começo de semana bastante tranquilo, sem grandes divulgações de dados durante o horário comercial dos EUA. Há alguns representantes do Fed que devem falar, incluindo Raphael Bostic, Michelle Bowman e Christopher Waller no evento Fed Listens, começando por volta das 10h30, horário de Brasília.

--Com a colaboração de Michael Read e Nour Al Ali

Leia também

A aposta de Bezos no Brasil: Stark Bank levanta US$ 45 milhões

Novas regras para vale alimentação acirram concorrência e favorecem startups