PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Estilo de vida

Anitta é primeira brasileira a ter a música mais tocada do mundo no Spotify

Segundo ranking da plataforma Spotify, Anitta alcançou o topo das reproduções globais com mais de 6 milhões de streams

Além de cantora, ela também tem aparecido cada vez mais no mundo dos negócios, como conselheira da fintech Nubank e a parceria com inovações na Ambev, com a marca Skol Beats
25 de Março, 2022 | 08:49 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg Línea — A cantora Anitta se consagrou nesta sexta-feira (25) como primeira brasileira a alcançar o topo das músicas mais tocadas no mundo. Conforme o ranking global da plataforma de streaming Spotify, a cantora chegou ao primeiro lugar das top 50 músicas mais tocadas, com mais de seis milhões de reproduções.

A música Envolver foi lançada em novembro do ano passado e é interpretada pela cantora carioca em espanhol. Foram dois dias desde quando a canção alcançou o quarto lugar, no último dia 23. A segunda música brasileira a aparecer no ranking é Dançarina, do DJ Pedro Sampaio e MC Pedrinho.

PUBLICIDADE

A música de Anitta ganhou um impulso das redes sociais desde quando viralizou com vídeos da coreografia da cantora, em que pessoas de todo o mundo reproduziam os mesmos passos de dança que ela faz em seus shows.

A cantora nascida no subúrbio do Rio de Janeiro tem elevado sua presença internacional nos últimos anos, com lançamentos de músicas em inglês e em espanhol. Além de cantora, Anitta também tem aparecido cada vez mais no mundo dos negócios, como conselheira da fintech Nubank e a parceria com inovações na Ambev, com a marca Skol Beats.

Em um vídeo divulgado pelas redes do próprio Spotify, Anitta comemora o feito e diz que a maior parte dos plays é de fora do Brasil.

PUBLICIDADE

De acordo com o Spotify, o cálculo de reproduções - ou streams - é gerado por uma fórmula que protege a integridade dos gráficos e “garante que todas as vozes dos usuários sejam refletidas”.

“Essa fórmula significa que nem todos os streams no Spotify são elegíveis para os charts. Algumas músicas podem ter menos streams qualificados para as paradas do que outras, dependendo do comportamento do streaming. Portanto, a contagem de streams que você vê nos gráficos pode parecer diferente do aplicativo e do Spotify for Artists”, explica a plataforma. “Nossa filtragem de gráficos não afeta os royalties que pagamos aos criadores.”

Cada reprodução de música é contada quando alguém ouve a faixa por 30 segundos ou mais, segundo o Spotify.

(Atualiza às 12h26 com post do Spotify)

Leia também

Kariny Leal

Kariny Leal

Jornalista carioca, formada pela UFRJ, especializada em cobertura econômica e em tempo real, com passagens pela Bloomberg News e Forbes Brasil. Kariny cobre o mercado financeiro e a economia brasileira para a Bloomberg Línea.