PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Ibovespa fecha em alta após elevação de juros nos EUA e à espera do Copom

Sessão também foi de alta em NY, depois que o presidente do Fed deu um tom mais positivo sobre as perspectivas de crescimento econômico

Bolsa de Valores de Nueva York
16 de Março, 2022 | 05:32 pm
Tempo de leitura: 3 minutos

Bloomberg Línea — Em dia de alta dos juros nos Estados Unidos e com expectativas de que o fim da guerra na Ucrânia possa estar próximo, as bolsas globais encerraram o pregão desta quarta-feira (16) em alta.

Por aqui, os investidores seguem à espera do Comitê de Política Monetária (Copom), que deve anunciar por volta das 18h (horário de Brasília) a nova taxa básica de juros no Brasil. A expectativa de grande parte do mercado financeiro é de aumento de um ponto-percentual da Selic, para 11,75%.

Eduarda Korzenowski, economista-chefe da SOMMA Investimentos, lembra que dessa vez, além da magnitude da alta e de quantas mais o BC irá sinalizar, os investidores podem já estar atentos ao tempo de permanência da Selic em patamar mais elevado.

Se antes a expectativa era de um início de redução ainda este ano, agora, com a inflação elevada, alguns analistas começam a jogar o novo ciclo somente para 2023.

PUBLICIDADE

“Temos uma expectativa de resolução do conflito [na Ucrânia] pelo menos até julho deste ano. Se passar disso, fica muito complicado para o Brasil por conta do início da safra no segundo semestre, que depende do mercado de fertilizantes. Caso esse conflito se alastre mais à frente, a inflação pode ir para cima”, avalia Eduarda.

Na Bolsa, em um dia de alta para o Ibovespa (IBOV), o destaque positivo ficou com as ações de CVC Brasil (CVCB3), que subiram 17,15%, aos R$ 11,82. Ontem, após o fechamento do pregão, a companhia divulgou seus resultados referentes ao quarto trimestre. Apesar do prejuízo de R$ 145 milhões, a companhia apresentou o primeiro lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) positivo em mais de dois anos.

Ainda entre as maiores altas do pregão estiveram Locaweb (LWSA3), Banco Inter (BIDI11) e Ecorodovias (ECOR3), com ganhos de 10,33%, 9,94% e 8,88%, respectivamente.

Veja mais: Novas exigências do BC afetam apenas fintechs grandes, dizem analistas

PUBLICIDADE

No lado oposto, Yduqs (YDUQ3) liderou as baixas do dia, com perdas de 10,48%, a R$ 16,40. Ações de petroleiras também cederam na B3 em uma sessão de queda para o petróleo, que estava sendo negociado abaixo dos US$ 100 o barril.

É o caso de Petrorio (PRIO3), que caiu 2,32%, 3R Petroleum (RRRP3), com baixa de 2,55%, e Petrobras (PETR3; PETR4), que recuou 0,87% (PN). Já as ações ordinárias da Petrobras encerraram próximas da estabilidade, com leve alta de 0,09%.

Confira como fecharam os mercados nesta quarta-feira (16):

  • O Ibovespa (IBOV) teve alta de 1,98% e encerrou o pregão negociado aos 111.112 pontos;
  • O dólar à vista recuou 1,39%, aos R$ 5,09;
  • No mercado de juros futuros, o DI com vencimento em 2025, por exemplo, fechou estável, a 12,43%;
  • Por volta das 17h15 (horário de Brasília), o Bitcoin (BTC) subia 3,47%, negociado aos US$ 40.812;

Fed sobe juros

As atenções dos investidores recaíram sobre a decisão do Federal Reserve, o banco central americano, de elevar as taxas de juros em 0,25 ponto percentual, para o intervalo de 0,25% e 0,5%, conforme esperado. Este foi o primeiro aumento de juros em quase quatro anos.

O Fed também sinalizou mais seis desses aumentos este ano, lançando uma campanha para combater a forte pressão inflacionária. Após a decisão, os índices acionários dos EUA amenizaram os ganhos e chegaram, inclusive, a operar no terreno negativo, com investidores digerindo as informações.

As ações, contudo, se recuperaram depois que o presidente do Fed, Jerome Powell, deu um tom mais positivo sobre as perspectivas de crescimento econômico em meio ao aperto monetário.

PUBLICIDADE

Powell disse que a economia dos EUA pode resistir ao aperto do Fed, acrescentando que a probabilidade de uma recessão “não é particularmente elevada”.

Em novas projeções econômicas, os dirigentes do banco central americano disseram ver uma inflação significativamente maior do que a prevista anteriormente, em 4,3% este ano, mas ainda caindo para 2,3% em 2024. A previsão de crescimento econômico em 2022 foi reduzida de 4% para 2,8%.

  • Nos EUA, o Dow Jones subiu 1,55%, o S&P avançou 2,24%, enquanto o índice da Nasdaq teve alta de 3,77%;
  • Na Europa, o dia foi de alta: o Dax, da Alemanha, subiu 3,76%, enquanto o CAC-40, de Paris, avançou 3,68%;

O otimismo nesta quarta foi impulsionado ainda pelos sinais do Kremlin de que há progresso nas negociações de paz com a Ucrânia. Segundo Dmitry Peskov, porta-voz do Kremlin, uma postura neutra da Ucrânia, mas mantendo suas próprias forças armadas “poderia ser vista como um certo tipo de compromisso”. Segundo o jornal britânico Financial Times, as partes estariam preparando um “plano de neutralidade” de 15 pontos com o qual a invasão poderia ser encerrada.

Mais cedo, a China prometeu políticas para estimular o crescimento econômico e impulsionar seus mercados financeiros – o que também contribui para o bom humor dos mercados na sessão.

PUBLICIDADE

-- Com a colaboração de Ana Carolina Siedschlag

Leia também:

Investidor estrangeiro já desconfia da valorização do real

Mariana d'Ávila

Mariana d'Ávila

Redatora na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero, especializada em investimentos e finanças pessoais e com passagem pela redação do InfoMoney.