PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Internacional

UE aprova 450 milhões de euros em suprimento militar para a Ucrânia

O pacote de ajuda militar da UE pode incluir o fornecimento de caças para a força aérea ucraniana

Membros das Forças de Defesa da Ucrânia durante treinamento em uma antiga fábrica nos arredores de Kiev.
Por Jillian Deutsch e Lyubov Pronina
27 de Fevereiro, 2022 | 06:18 pm
Tempo de leitura: <1 minuto

Bloomberg — Os ministros das Relações Exteriores da União Europeia concordaram em enviar 450 milhões de euros (US$ 500 milhões) em ajuda militar à Ucrânia para armamento, segundo Josep Borrell, chefe de política externa do bloco.

PUBLICIDADE

A ajuda será financiada pelo Fundo Europeu para a Paz da UE e fará com que o bloco forneça armas a um país em guerra pela primeira vez em sua história. Outros 50 milhões de euros serão fornecidos para fins não armamentícios, disse Borrell em entrevista coletiva em Bruxelas no domingo.

O pacote de ajuda militar da UE pode incluir o fornecimento de caças para a força aérea ucraniana, disse Borrell. Ele disse ainda que a UE já teve discussões com o ministro das Relações Exteriores ucraniano, Dmytro Kuleba, sobre o tipo de jatos que os militares ucranianos precisam e há estados membros que podem fornecê-los.

PUBLICIDADE

Os Estados-membros que não quiserem ser associados à contribuição de armas poderão se abster ou fazer uma contribuição paralela de ajuda não armamentícia.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também