PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Internacional

Putin coloca forças nucleares russas em alerta máximo após novas sanções

O presidente russo fez os comentários neste domingo em uma reunião com seu ministro da defesa e chefe militar

Vladimir Putin
Por Bloomberg News
27 de Fevereiro, 2022 | 11:02 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — O presidente Vladimir Putin ordenou que as forças nucleares estratégicas da Rússia fossem colocadas em alerta máximo, citando o que chamou de declarações “agressivas” dos líderes dos países da OTAN, informou a Tass.

PUBLICIDADE

Putin fez os comentários neste domingo (27) em uma reunião com seu ministro da Defesa e chefe militar, na qual também chamou de ilegítimas as sanções ocidentais recém-impostas, disse Tass.

A Rússia realizou exercícios envolvendo suas forças nucleares no início deste mês, à medida que as tensões aumentaram, incluindo lançamentos de teste de mísseis.

PUBLICIDADE

Não há certeza se a Ucrânia concordaria com as negociações de paz na Bielorrússia, que tem sido uma porta de entrada para os ataques russos.

Grande parte da Europa fechou seu espaço aéreo para a Rússia, e as ofertas de assistência militar continuam chegando.

As nações ocidentais concordaram em excluir alguns bancos russos do sistema de mensagens Swift, usado para trilhões de dólares em transações entre bancos em todo o mundo, isolando ainda mais a economia e o sistema financeiro da Rússia.

As nações também disseram que agiriam juntas para impor “medidas restritivas que vão impedir o Banco Central da Rússia de implantar suas reservas internacionais de maneira a prejudicar o impacto de nossas sanções”.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também