Estilo de vida

Bilionário russo entrega ‘administração’ do Chelsea para fundação de caridade

Abramovich tem um patrimônio pessoal líquido de cerca de US$ 13 bilhões, de acordo com o Bloomberg Billionaires Index

Roman Abramovich
Por Bloomberg News
26 de Fevereiro, 2022 | 04:55 pm
Tempo de leitura: <1 minuto

Bloomberg — O bilionário russo Roman Abramovich disse que entregaria a “administração e cuidado” do Chelsea FC, seu time de futebol, para a fundação de caridade da organização. Ele não indicou se estaria aberto a vender o time, como se comenta em Londres.

“Durante meus quase 20 anos de posse do Chelsea FC, sempre vi meu papel como guardião do clube, cujo trabalho é garantir que sejamos tão bem-sucedidos quanto podemos ser hoje, bem como construir para o futuro, enquanto também desempenhando um papel positivo em nossas comunidades”, disse Abramovich em comunicado.

“Continuo comprometido com esses valores. É por isso que hoje estou dando aos curadores da Fundação de caridade do Chelsea a administração e os cuidados do Chelsea FC”.

Com a pressão sobre os cidadãos mais ricos da Rússia crescendo após a invasão da Ucrânia, investidores do segmento esportivo e empresas de private equity começaram a elaborar potenciais ofertas de aquisição para o time de Londres, disseram pessoas familiarizadas com o assunto.

PUBLICIDADE

Abramovich tem um patrimônio pessoal líquido de cerca de US$ 13 bilhões, de acordo com o Bloomberg Billionaires Index.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

PUBLICIDADE