Viagens

Passaporte brasileiro é um dos melhores da América Latina para viajar em 2022

Três passaportes latino-americanos aparecem no topo da lista dos 20 melhores, enquanto Haiti, Cuba e República Dominicana ficam em último

Em 2022, Japão e Cingapura conquistaram a primeira posição por poderem entrar em 192 países
15 de Janeiro, 2022 | 09:34 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg Línea — Após as restrições da pandemia de 2020, viajar aparece no topo da lista de prioridades de muitos latino-americanos. Com a maioria das proibições de mobilidade suspensas em 2021, 2022 parece um cenário melhor para viagens a outros países. Com isso, você já se perguntou o quão poderoso é o seu passaporte?

Um índice da firma Henley & Partners calcula todos os anos quais documentos têm maior liberdade para visitar outras nações sem precisar de visto. O índice, que é baseado em dados da Associação Internacional de Transporte Aéreo, ou Iata, tem 111 posições.

Em 2022, Japão e Cingapura conquistaram a primeira posição por poderem entrar em 192 países sem visto. Em segundo lugar estão Alemanha e Coreia do Sul, que podem entrar em 190 países. Por fim, em terceiro lugar estão Finlândia, Itália, Luxemburgo e Espanha, que podem entrar em 189 países.

Veja mais: Verão em Punta del Este: quanto custa comer nos melhores restaurantes?

PUBLICIDADE

Em contrapartida, os países com os piores passaportes do mundo são: Afeganistão, Iraque e Síria, que podem entrar em 26, 28 e 29 países sem visto, respectivamente.

Como são os passaportes da América Latina?

De acordo com o índice do primeiro trimestre de 2022, os três países com os melhores passaportes da América Latina são Chile, Argentina e Brasil. Estes ocupam as posições 16, 19 e 20 em todo o mundo.

Em contraste, os três países que possuem os passaportes menos poderosos da região são Haiti, Cuba e República Dominicana. Estes ocupam as posições 19, 18 e 17 na América Latina e estão nas posições 95, 79 e 73 globalmente.

Ranking completo para a América Latina

Para maior clareza das informações, segue abaixo a classificação completa de como os países da região aparecem no índice do primeiro trimestre de 2022, mencionando a posição na região, no mundo e em quantos países podem entrar sem visto. A classificação é do melhor para o pior.

PUBLICIDADE

Leia também

Clientes do Goldman Sachs apostam em bolsas da Europa em 2022

Preços dos alimentos voltam para os níveis da crise de 2011

Valerie Cifuentes

Valerie Cifuentes

Periodista especializada en el cubrimiento de temas económicos, financieros y de negocios. Fui coeditora de economía y finanzas para Forbes Colombia y periodista del diario Portafolio de El Tiempo, del diario La República y de la oficina de comunicaciones de la Asociación Bancaria y de Entidades Financieras de Colombia (Asobancaria).

PUBLICIDADE