Mercados

Ibovespa cai em linha com exterior avaliando bancos centrais

Investidores reagem ao fim dos estímulos da era da pandemia pelas principais autoridades monetárias do mundo

Bolsa cai nesta sexta-feira
17 de Dezembro, 2021 | 03:35 pm
Tempo de leitura: <1 minuto

Bloomberg Línea — O Ibovespa opera no vermelho na tarde desta sexta-feira (17), seguindo um movimento observado nas principais bolsas globais, com os investidores reagindo às decisões de diversos bancos centrais divulgadas ao longo da semana. O dólar cai e as taxas do DI sobem.

  • A bolsa cai quase 1%, operando na casa dos 107 mil pontos. Já o dólar permanece abaixo dos R$ 5,70.

Nesta semana, os principais bancos centrais do mundo tomaram decisões parecidas no que diz respeito ao cenário à frente, dando mais importância para a inflação contínua do que para as ameaças da variante ômicron.

O Banco da Inglaterra foi o primeiro banco central em uma economia do Grupo dos Sete a aumentar as taxas de juros desde a chegada da Covid-19, na quinta (16). O Fed disse na quarta (15) que antecipará o fim de seu programa de compra de títulos e sinalizou três aumentos nas taxas no próximo ano. O Banco Central Europeu também está encerrando as medidas de emergência.

O único que contrariou o movimento foi o Banco do Japão. O governador Haruhiko Kuroda e seu conselho reduziram a marcha, estendendo a assistência a pequenas empresas por mais seis meses e reduzindo a ajuda para empresas maiores a partir de abril.

PUBLICIDADE

Mercado agora

  • Câmbio: Por volta das 14h15, o dólar caía 0,24%, para R$ 5,67;
  • Bolsa: O Ibovespa caía 0,92%, a 107.350 pontos;
    • Entre as maiores altas percentuais estavam BRF (BRFS3), Marfrig (MRFG3) e Natura & Co (NTCO3). Nas maiores perdas: Banco Inter (BIDI4 e BIDI11), Yduqs (YDUQ3) e Locamerica (LCAM3);
  • Juros: O DI com vencimento para janeiro de 2025 subia de 10,62% para 10,74% enquanto o de 2027 ia de 10,50% para 10,63%;
  • Exterior: Em Nova York, o Dow Jones caía 1,27%, o S&P 500 recuava 0,77% e o Nasdaq 0,05%;

-- Com informações de Bloomberg News

Igor Sodré

Igor Sodré

Jornalista com formação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, com experiência na cobertura de cultura e economia, tendo como foco mercado financeiro e companhias. Passou pela Bloomberg News e TradersClub.

PUBLICIDADE