Negócios

Conta Simples levanta R$ 121,4 milhões em rodada de investimentos

Com o novo investimento, startup deve lançar serviços de crédito e expandir sua ferramenta de gestão de despesas

Fundadores: Rodrigo Tognini, Ricardo Gottschalk e Fernando Santos
16 de Dezembro, 2021 | 10:45 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg Línea — A fintech Conta Simples anunciou a conclusão de uma rodada de investimentos Série A no valor de R$ 121,4 milhões liderada pelo fundo JAM, do investidor e fundador do Tinder Justin Mateen, e pela Valor Capital, com participação também da Base10 Partners. Os fundos Y Combinator, Quartz e Big Bets, que já investiram na anteriormente, seguem a rodada.

“A rodada Série A veio em um momento de oportunidade, uma vez que estávamos planejando fazer apenas no início de 2022. Crescemos mais do que o esperado neste ano, e isso chamou a atenção dos investidores”, comenta o CEO e cofundador da Conta, Rodrigo Tognini.

A fintech multiplicou sua base de clientes em mais de 22 vezes nos últimos dois anos, tendo como foco empresas digitais, como startups, e-commerces, agências e gestores de marketing digital. Segundo o CEO, a receita aumentou 475% ano contra ano, fazendo com que o investimento da Série A viesse antes do previsto.

Com o novo investimento, a Conta Simples deve lançar serviços de crédito e expandir sua ferramenta de gestão de despesas, principalmente em relação à experiência dos cartões corporativos. “A nossa missão é destravar o potencial e eficiência do financeiro das empresas, e vamos conseguir avançar ainda mais rápido” afirma o CEO.

PUBLICIDADE

A companhia já entrou com o pedido de licença da Sociedade de Crédito Direto (SCD) no Banco Central, que já está em análise. No primeiro semestre de 2022, a empresa deve passar a fazer parte do seleto grupo de fintechs autorizadas a oferecer produtos de crédito.

A expectativa da companhia para 2022 é aumentar sua base de clientes em mais de 300% e terminar o ano com mais de 12 bilhões transacionados. Parte do aporte será usado em Marketing e aquisição de clientes. “Temos um mercado gigante para explorar, esse capital vai ajudar com investimento em estratégia de aquisição”, conta Tognini.

A Conta Simples oferece serviços tendo como objetivo simplificar o gerenciamento dos gastos de empresas, otimizando processos diários dos departamentos financeiros das companhias. Entre os clientes da fintech, estão empresas digitais como Swile Brasil, Justos, Livus, Favo, IdWall e Mottu.

Leia também

Igor Sodré

Igor Sodré

Jornalista com formação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, com experiência na cobertura de cultura e economia, tendo como foco mercado financeiro e companhias. Passou pela Bloomberg News e TradersClub.

PUBLICIDADE