PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Ibovespa sobe com exterior e de olho na PEC dos precatórios

Investidores aproveitam barganhas nas bolsas globais; dólar avança para casa de R$ 5,65

Mercados seguem monitorando notícias sobre nova variante e PEC dos precatórios
01 de Dezembro, 2021 | 02:54 pm
Tempo de leitura: <1 minuto

Bloomberg Línea — O Ibovespa opera em alta na tarde desta quarta-feira (1), em um movimento similar ao observado no exterior. Tanto lá fora quanto aqui, os investidores aproveitam as pechinchas geradas pelas perdas recentes após a descoberta da nova variante do coronavírus. Outro ponto de atenção é o andamento da PEC dos precatórios, que dá o tom também aos mercados de câmbio e juros futuros.

  • A bolsa opera nos 102.000 pontos, tendo chegado a ficar acima dos 103 mil. O dólar fica perto dos R$ 5,65.

No exterior, o Petróleo também é um dos pontos de atenção. A Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados hoje começaram dois dias de reuniões para debater o planejado aumento da produção, com expectativas crescentes de que o grupo fará uma pausa devido à ameaça da nova variante do coronavírus.

PUBLICIDADE

Por aqui, ontem, a PEC dos precatórios foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Agora, os investidores aguardam a nova tentativa do governo de seguimento da votação do projeto na casa, prevista para hoje.

Mercado agora

  • Câmbio: Perto das 14h50, o dólar operava em alta de 0,18% a R$ 5,63;
  • Bolsa: O Ibovespa subia 0,98%, a 102.918 pontos;
    • Entre as maiores altas percentuais estavam Braskem (BRKM5), Suzano (SUZB3) e Gerdau (GGBR4). Nas maiores perdas: Magazine Luiza (MGLU3), Totvs (TOTS3) e Méliuz (CASH3)
  • Juros: O DI com vencimento para janeiro de 2025 subia de 11,40% para 11,47% enquanto o de 2027 ia de 11,31% para 11,39%;
  • Exterior: Em Nova York, o Dow Jones subia 1,16%, o S&P 500 1,57% e o Nasdaq 1,27%;

-- Com informações de Bloomberg News

Leia também

PUBLICIDADE

Aeroporto de Guarulhos perdeu quase R$ 800 mi com pandemia, diz Anac

Número de vistos de trabalho nos EUA tem a maior queda em dez anos

Igor Sodré

Igor Sodré

Jornalista com formação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, com experiência na cobertura de cultura e economia, tendo como foco mercado financeiro e companhias. Passou pela Bloomberg News e TradersClub.

PUBLICIDADE