PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Estilo de vida

10 cidades mais caras do mundo para se morar agora

Pesquisa mostrou que os preços de bens e serviços nas cidades aumentaram 3,5% em moeda local, em comparação com 1,9% no ano passado

Compradores passeiam entre as barracas no Mercado Carmel
Por Alex Millson
01 de Dezembro, 2021 | 10:38 am
Tempo de leitura: 1 minuto

Bloomberg — Tel Aviv ultrapassou Hong Kong e Singapura como a cidade mais cara do mundo para se viver, de acordo com a Economist Intelligence Unit (EIU).

A cidade israelense subiu do quinto lugar, no ano passado, para o topo do relatório Custo de Vida Mundial 2021, pela primeira vez, empurrando Paris para o segundo lugar, junto com Singapura. Zurique e Hong Kong completam as cinco primeiras posições.

PUBLICIDADE

O shekel em alta e os aumentos de preços de mercadorias, incluindo mantimentos e transporte, foram os principais fatores para que Tel Aviv ocupasse o primeiro lugar, segundo a EIU.

A pesquisa mostrou que os preços de bens e serviços estudados nas cidades aumentaram 3,5% ano a ano em moeda local, em comparação com 1,9% no ano passado. A taxa de inflação foi a mais rápida registrada nos últimos cinco anos. Os aumentos dos custos foram maiores para o transporte, uma vez que os preços do petróleo impulsionaram o preço da gasolina sem chumbo em 21%.

Outras descobertas importantes do estudo incluem:

  • Roma teve a maior queda no ranking, do 32º para o 48º lugar
  • Teerã saltou do 79º para o 29º lugar após a reimposição das sanções dos Estados Unidos ao Irã
  • A gasolina mais cara é em Hong Kong, a US$ 2,50 por litro
  • Preços dos cigarros de marca subiram 6,7% em média
  • A capital síria, Damasco, continua a ser a cidade mais barata do mundo

Upasana Dutt, chefe de custo de vida mundial da EIU, disse em um comunicado: “Embora a maioria das economias em todo o mundo esteja agora se recuperando em virtude das vacinas contra a Covid-19, muitas cidades importantes ainda estão tendo picos de casos, levando a restrições sociais. Isso interrompeu o fornecimento de bens, levando à escassez e a preços mais altos.

PUBLICIDADE

“No próximo ano, esperamos ver o custo de vida aumentar ainda mais em muitas cidades, à medida que os salários aumentam em muitos setores. No entanto, também esperamos que os bancos centrais aumentem as taxas de juros, com cautela, para conter a inflação. Portanto, os aumentos de preços devem começar a moderar em relação ao nível deste ano.”

O Custo de Vida Mundial é uma pesquisa semestral conduzida pela EIU, que compara mais de 400 preços individuais de 200 produtos e serviços, em 173 cidades.

As 10 cidades mais caras do mundo:

1 Tel Aviv

2 Paris e Singapura (ambas na segunda posição)

4 Zurique

5 Hong Kong

PUBLICIDADE

6 Nova York

7 Genebra

8 Copenhague

PUBLICIDADE

9 Los Angeles

10 Osaka

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

PUBLICIDADE