PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Nova variante piora perspectivas para moeda da África do Sul

Rand chegou a cair 2,4% na sexta-feira, para a menor cotação em relação ao dólar desde outubro de 2020

Moeda pode fechar a sessão com a maior queda semanal em cinco meses
Por Colleen Goko-Petzer
26 de Novembro, 2021 | 11:27 am
Tempo de leitura: <1 minuto

Bloomberg — A identificação de uma nova cepa do coronavírus na África do Sul não poderia ter vindo em pior hora para o rand sul-africano.

Já sob o impacto da preocupação com a redução do estímulo pelo Federal Reserve e do menor apetite por risco por causa do cenário político em mercados emergentes, a moeda pode fechar a sessão com a maior queda semanal em cinco meses. O rand chegou a cair 2,4% na sexta-feira, para a menor cotação em relação ao dólar desde outubro de 2020.

PUBLICIDADE
Spread da curva de juros da África do Sul sobe com receios sobre crescimentodfd

Com Alemanha e Reino Unido entre os países que suspenderam voos de ida e volta para a África do Sul, agora as chances de retomada econômica do país são menores. Ações relacionadas ao turismo são atingidas, e o papel do grupo hoteleiro City Lodge caiu mais de 20% em Joanesburgo.

Os rendimentos dos títulos sobem, e a curva de juros se inclina, sugerindo que operadores precificam uma desaceleração do crescimento. O contrato de 2041 subiu cerca de 20 pontos-base contra 6 pontos para o com vencimento em 2026.

Isso deve esfriar qualquer euforia de fim de ano nos mercados.

PUBLICIDADE

Veja mais em bloomberg.com

Leia também