PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercados

Ibovespa cai com varejistas e dados econômicos

Setor foi impactado negativamente pelos indicadores; dólar avançou

Tempo de leitura: 1 minuto

São Paulo — O Ibovespa encerrou o primeiro pregão da semana no vermelho, com o mercado local digerindo os dados econômicos divulgados pela manhã. Os indicadores, por sua vez, acabaram impactando negativamente setores específicos da bolsa, como o varejo, que pesaram ainda mais na queda do índice. Olhando também para o exterior, o dólar subiu, assim como as taxas do DI. O andamento da PEC dos Precatórios no Senado segue no radar dos investidores.

  • A bolsa caiu quase 2%, ficando abaixo dos 105.000 pontos. Destaque para as perdas da Magazine Luiza (MGLU3), que chegou a ser de mais de 20%. Além do varejo, tecnologia e construção também foram setores que performaram mal hoje, impactados pelo cenário de juros altos e piora da inflação. O dólar seguiu o movimento de fortalecimento da moeda no exterior.

A atividade econômica brasileira caiu 0,27% em setembro na comparação mensal, chegando ao patamar de 138,56 pontos, próximo ao nível de março, apontou o indicador IBC-Br do Banco Central nesta terça-feira (16). É a segunda queda consecutiva do índice. Segundo a instituição, no acumulado do ano, o indicador teve alta de 5,88%, enquanto nos últimos 12 meses, cresceu 4,22%.

PUBLICIDADE

Outro dado que não agradou o mercado foi a pesquisa Focus, que mostrou que os especialistas esperam que a inflação suba 4,79% no próximo ano, contra 4,63% na previsão da semana passada. Para 2021, a expectativa é de alta de 9,77%, acima dos 9,33% anteriores.

Nos Estados Unidos, as principais bolsas avançaram. O mercado americano teve um dia positivo após as vendas no varejo subirem pelo terceiro mês consecutivo em outubro, sinalizando que as famílias continuam gastando, mesmo com a inflação avançando na maior velocidade em décadas.

  • Câmbio: O dólar fechou em alta de 0,79% a R$ 5,49
  • Bolsa: O Ibovespa caiu 1,82%, para 104.403 pontos
    • Entre as maiores altas percentuais ficaram Suzano (SUZB3), GPA (PCAR3) e Petrobras (PETR3). Nas maiores perdas: Locaweb (LWSA3), Magazine Luiza (MGLU3) e Lojas Americanas (LAME4)
  • Destaques da bolsa: As ações da Magazine Luiza (MGLU3) chegaram a cair mais de 20% nesta terça, seguindo o movimento de queda das grandes varejistas e outros papéis ligados ao varejo no Brasil, com investidores aproveitando para realizar lucros enquanto monitoram os mais recentes dados sobre a economia do país.
  • Juros: O DI com vencimento para janeiro de 2023 avançou de 11,95% para 12,025% enquanto o de 2027 foi de 11,60% para 11,76%
  • Exterior: Em Nova York, o Dow Jones avançou 0,15%, o S&P 500 0,39%, e o Nasdaq 0,76%
  • Bitcoin: Perto das 18h00, a criptomoeda operava em queda de 5,62%, a US$ 60.342

-- Com informações de Bloomberg News

Igor Sodré

Igor Sodré

Jornalista com formação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, com experiência na cobertura de cultura e economia, tendo como foco mercado financeiro e companhias. Passou pela Bloomberg News e TradersClub.

PUBLICIDADE