PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Agro

Confiança no agronegócio sobe com otimismo sobre o clima no verão

Indicador encerrou o terceiro trimestre em 121,1 pontos, 1,2 ponto acima do levantamento anterior

Para diretor da Fiesp, resultados indicam uma confiança em alta
11 de Novembro, 2021 | 03:02 pm
Tempo de leitura: 1 minuto

São Paulo — O Índice de Confiança do Agronegócio (IC Agro) encerrou o terceiro trimestre em 121,1 pontos, 1,2 ponto acima do levantamento anterior, segundo dados divulgados pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e pela CropLife Brasil.

O avanço, mesmo um tanto tímido, é atribuído às expectativas positivas motivadas pelo clima favorável no início do plantio da safra de verão, que começou em setembro, mantendo o otimismo de produtores agrícolas e elevando os ânimos da indústria.

PUBLICIDADE

Comentando os resultados, o diretor titular do Departamento do Agronegócio da Fiesp, Roberto Betancourt, disse que apesar de durante o terceiro trimestre ter ocorrido uma “continuidade da alta da inflação e das taxas de juros, além da piora nas expectativas para o crescimento do PIB, ainda assim, os resultados indicam uma confiança em alta”.

Veja mais: Em meio ao ‘apagão’ de insumo, governo prevê safra recorde de grãos

Já o Índice da Indústria ficou em 121,9 pontos, alta de 3,4 pontos em relação ao período anterior. O resultado foi o mais otimista desde o último trimestre de 2020 e é lido por Betancourt como condizente com a situação de setores industriais que tiveram crescimento das vendas ao longo do ano.

PUBLICIDADE

O indicador Indústrias Antes da Porteira (Insumos Agropecuários) ficou em 117,0 pontos, uma queda de 0,1 ponto com o trimestre anterior, se mantendo praticamente estável. Já o índice de Indústria Depois da Porteira teve alta de 5,0 pontos, ficando em 124,1 pontos.

O Índice do Produtor Agropecuário ficou em 119,8 pontos, com queda de 1,9 ponto, o de Produtor Agrícola 121,7 pontos, alta de 0,3 ponto, e o de Produtor Pecuário 114,2 pontos, um recuo de 8,3 pontos.

Leia também

China domina as vendas de carne suína do Brasil

Você comeria carne feita em laboratório?

Igor Sodré

Igor Sodré

Jornalista com formação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, com experiência na cobertura de cultura e economia, tendo como foco mercado financeiro e companhias. Passou pela Bloomberg News e TradersClub.

PUBLICIDADE